Rádio Colmeia

Aconteceu o 1º Fórum do Meio Ambiente em Porto União

novembro 30
16:20 2016
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O 1º Fórum do Meio Ambiente foi realizado nesta quarta-feira, 30. O evento encerra as atividades do programa de Educação em Saúde Ambiental “Cuidar do meu ambiente é preservar a minha vida!” realizado pela Secretaria de Meio Ambiente de Porto União em parceria com as Secretarias de Saúde e de Educação. 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O encontro aconteceu no salão da igreja Luterana, na área central de Porto União, contando com a participação de autoridades, alunos, professores, pessoas ligadas a saúde e a educação de Porto União. Além de palestras, o evento contou com apresentação da peça teatral “Iguaçu, a saga de um rio”, coordenada pelo professor Lício Ferreira; e encerrou com a elaboração de um documento que define metas a serem seguidas para continuidade das ações no dia a dia da população.

O programa foi desenvolvido pela Secretaria de Meio Ambiente em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no bairro Santa Rosa, com os alunos da EEB Antonio Gonzaga e no bairro Vice-King, com alunos da EEB Nilo Peçanha.

O programa teve como foco ações educativas para incentivar os moradores dos bairros específicos a fortalecer atitudes com relação à saúde ambiental e à responsabilidade com o meio ambiente, buscando a melhoria da qualidade de vida. Esse programa tem um investimento da Funasa, de R$ 154 mil, mais a contra partida do município.

A Engenheira Ambiental da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Adriana Weber, explanou sobre o resultado do programa e a importância do Fórum.  “Esse programa foi aprovado pela Funasa em 2013 e iniciado em 2015 em Porto União. Ele é resultante de um convênio que orienta desde a higiene pessoal e doméstica, até a separação de lixo nos bairros onde realizamos e promovemos o trabalho de melhora de qualidade de vida dos alunos e da comunidade em geral”, destaca.

Segundo Adriana, os dois locais escolhidos seguiram critérios condicionados pela Funasa. O bairro Santa Rosa como área de risco devido as enchentes e o Vice king, por ser conter áreas de preservação permanente. Também pela questão de vulnerabilidade ambiental nos dois locais.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para isso, foram realizadas reuniões com os alunos e a comunidade além da distribuição de sacos de lixo orientando como realizar a separação do lixo comum e o reciclável.  “Esperamos que a partir do Fórum de hoje, possamos expandir esse programa para a cidade inteira em breve. Aqui no Fórum vamos fazer uma discussão bem ampla sobre o programa e apresentar novas ideias”, completa Weber.

No Fórum foram explanadas rapidamente as ações realizadas pelo programa e suas etapas e o fortalecimento das atitudes dos moradores com relação a separação do lixo em orgânico e reciclável, a higiene doméstica, domiciliar e pessoal, que resultaram na melhoria da qualidade de vida de todo o ambiente.

“Quero agradecer a parceria das equipes das secretarias meio ambiente, educação e saúde que formou uma grande equipe multidisciplinar. Quero agradecer também o apoio das escolas e direção, que foi muito importante. Várias equipes da administração municipal nos auxiliaram para que esse programa desse certo. O trabalho foi intenso e trouxe bons resultados. Esse evento trará novas propostas e vai continuar com as atividades voltadas ao meio ambiente”, falou o Secretário de Meio Ambiente Julio Chaicowski.

O Secretário de Educação Bento Trindade Junior também destacou a importância do programa desenvolvido. “A importância desse fórum é de realmente fazer do nosso meio ambiente um ambiente sustentável. Toda essa parceria existente para esse programa é fantástico. O comprometimento de todos os participantes foi importante também”, afirma.

Além das orientações e palestras oferecidas ao longo do ano, o programa também distribui materiais de apoio. As escolas ganharam jogos educativos para serem trabalhados com alunos de séries iniciais. Os moradores dos bairros ganharam sacos plásticos de cores diferenciadas para separar o lixo orgânico do reciclável, lixeiras de coleta seletiva foram fixadas em pontos estratégicos dos bairros, e também foram distribuídos kits com sacolas de tecido para substituir as sacolinhas de mercado, além de outros itens para complementar o trabalho.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para o Prefeito Anízio de Souza foi de fundamental importância a participação dos jovens. “É um trabalho realizado desde 2015 e quem vem trazendo um resultado bem positivo na nossa cidade. As ações que já fora tomadas com certeza deram resultado positivas tanto na área ambiental como na área de saúde. Através de vocês jovens que participam do fórum que iremos propagar a ideia de proteger o meio ambiente, pois estarão preservando o meio ambiente para seus filhos e netos”, enfatizou o Prefeito Anízio.

Assessoria de Comunicação Prefeitura de Porto União

Tags
Share

Sobre o Autor

marciel

marciel

Marciel Borges é jornalista graduado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), onde atualmente faz pós-graduação em MBA Gestão de Produção Criativa em Comunicação. Marciel atuou em emissoras de rádio Comunitária da região e na área da internet, onde pode adquirir conhecimento. No ano de 2012, realizou o seu trabalho de conclusão de Curso (TCC) contanto a História da Rádio Colmeia, sendo convidado para fazer parte do jornalismo digital da emissora.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há nenhum comentário no momento, você quer adicionar um?

Escrever comentário

Escrever comentário

Calendário

maio 2018
DSTQQSS
« abr  
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031 

Últimos Cometários

e muito estranho o que esta acontecendo gugol...

eu apoio a greve, pois todos estamos sendo atingido pelo aumento abusivo do combustivel. Vindoo...

Precisa de saída de escape igual na serra de Bituruna....

Colméia no Facebook