Rádio Colmeia

Cruz Machado promove encontro de rotulagem de produtos hortícolas in natura

outubro 02
13:47 2015

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) publicou a Resolução nº 748/2014, que regulamenta a rotulagem de produtos hortícolas in natura a granel e embalados, que sejam produzidos, distribuídos ou comercializados no Paraná.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O cumprimento dessa legislação beneficiará os produtores rurais, cujos nomes estarão associados aos alimentos por eles produzidos, os comerciantes que poderão identificar e qualificar seus fornecedores e a sociedade como um todo, em especial os consumidores, ao respeitar o direito à informação.

A Prefeitura de Cruz Machado realizou nesta quinta-feira, 1º, no auditório da igreja luterana, um encontro sobre orientações da regulamentação e rotulagem de frutas, verduras e legumes. O evento foi organizado em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente e Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

O encontro contou com a participação de produtores e comerciantes do município. Eles receberam uma cartilha sobre a nova regulamentação e também receberam orientações de técnicos. A reunião buscou esclarecer dúvidas e dar orientações para a aplicação da rotulagem aos produtos.

Frutas, verduras e legumes embalados e a granel precisam ser rotulados ou etiquetados desde a origem até os pontos de venda para o consumidor. No rótulo ou etiqueta, para todos os alimentos hortícolas in natura devem constar de forma legível informações que identifiquem a origem e o produto, lote, peso líquido e serviço de atendimento ao consumidor. Apenas no caso dos alimentos embalados prontos para o consumo, além dessas informações, devem constar a validade e forma de conservação.

Entre os benefícios que a medida oferece está o maior controle da segurança dos alimentos comercializados; a possibilidade de resolver mais facilmente problemas de saúde pública, pois o lote com produtos contaminados pode ser identificado e retirado de circulação; além de identificar bons produtores, distribuidores e comerciantes, de modo que a marca, o produto e os estabelecimentos passam a ser reconhecidos.

Por meio da resolução será possível identificar o produtor responsável, o que garantirá ao consumidor maior segurança sobre o produto que está adquirindo, escolhendo o de melhor qualidade. A identificação facilitará também a fiscalização quando o produto for de qualidade duvidosa, agilizando a suspensão da distribuição para venda dos produtos que possam prejudicar a saúde do consumidor.

Via comunicação Prefeitura de Cruz Machado

Tags
Share

Sobre o Autor

marciel

marciel

Marciel Borges é jornalista graduado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), onde atualmente faz pós-graduação em MBA Gestão de Produção Criativa em Comunicação. Marciel atuou em emissoras de rádio Comunitária da região e na área da internet, onde pode adquirir conhecimento. No ano de 2012, realizou o seu trabalho de conclusão de Curso (TCC) contanto a História da Rádio Colmeia, sendo convidado para fazer parte do jornalismo digital da emissora.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há nenhum comentário no momento, você quer adicionar um?

Escrever comentário

Escrever comentário

Calendário

junho 2018
DSTQQSS
« maio  
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Últimos Cometários

Excelente serviço da POLÍCIA CIVIL de Porto União, mostrando que o serviço de investigação...

Se houver pessoas serias na policia da regiao este crime sera solucionado rapidamente. Queremos uma...

Realmente nosso Pais ta sendo uma vergonha eu apoio obviamente os caminhoneiro pelos direito deles...

Colméia no Facebook