Rádio Colmeia

Projeto “Educação em Saúde Ambiental” é lançado em Porto União

junho 12
13:47 2015
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A quarta-feira, 10, marcou em Porto União o lançamento oficial do Projeto de Educação em Saúde Ambiental “Cuidar do meu ambiente é preservar a minha vida!”.  O encontro aconteceu no Centro Empresarial reunindo autoridades, alunos e professores, contando com a assinatura do Termo de Adesão ao projeto, firmado entre Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Município e Escolas Antonio Gonzaga e Nilo Peçanha.

O projeto, que segue até dezembro deste ano, tem como foco ações educativas para incentivar os moradores dos bairros Santa Rosa e Vice King a fortalecer atitudes com relação à saúde ambiental e à responsabilidade com o meio ambiente, buscando a melhoria da qualidade de vida. Esse trabalho é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Meio Ambiente e a Secretaria da Saúde de Porto União, com recursos da Funasa, totalizando 154 mil reais.

O prefeito Anízio de Souza e o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Meio Ambiente, Rogério Stasiak, recepcionaram os convidados.

A Engenheira Ambiental da secretaria, Adriana Weber, explanou sobre o projeto, especificando cada ação que será implantada até o final deste ano. Dentre as etapas destacam-se os encontros nas escolas com alunos, pais e professores, depois a ampliação das ações nas residências dos dois bairros de abrangência. Segundo Adriana os dois locais escolhidos seguiram critérios condicionados pela Funasa. “O bairro Santa Rosa como área de risco devido as enchentes e o Vice king, por ser conter áreas de preservação permanente. Também pela questão de vulnerabilidade ambiental nos dois locais”, destaca. O projeto prevê o fortalecimento das atitudes dos moradores com relação a separação do lixo em orgânico e reciclável, a higiene doméstica, domiciliar e pessoal, resultam na melhoria da qualidade de vida de todo o ambiente, como explicou Adriana.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Além das orientações e palestras que serão oferecidas ao longo do ano, o projeto contempla também a distribuição de materiais de apoio. As escolas ganham jogos educativos para serem trabalhados com alunos de séries iniciais. Os moradores dos bairros ganham sacos plásticos de cores diferenciadas para separar o lixo orgânico do reciclável, lixeiras de coleta seletiva serão fixadas em pontos estratégicos dos bairros, serão distribuídos também kits com sacolas de tecido para substituir as sacolinhas de mercado, boné, lixo car, imã de geladeira e adesivo informativos, além de outros itens para complementar o trabalho.

O secretário Rogério Stasiak destacou que com esse projeto Porto União terá a oportunidade de oferecer mais qualidade de vida para a população. “No decorrer da campanha vamos contar com o apoio da equipe da Funasa e nos comprometemos a fazer o melhor possível para que ela (a campanha) seja um exemplo para outros municípios”, diz. “Também queremos contar com a parceria da Funasa para ampliarmos esse projeto para outros bairros e quem sabe até para o interior do nosso município”, solicita Stasiak.

O vereador Christian Martins, na época do início do projeto (2013), era o Secretário da pasta. Ele destacou alguns detalhes do andamento do projeto. “Esse projeto demorou para acontecer não só pela burocracia, mas também pela falta de uma pessoa que faleceu no decorrer desse período, Eliane Bradoski, que auxiliou muito nos trâmites iniciais”, falou Martins, solicitando a todos que rezassem junto o Pai Nosso em homenagem à Eliane. Além dela, que conduzia o projeto pela Secretaria de Saúde, o Diretor de Meio Ambiente Júlio Chaicowski e a engenheira Adriana Weber foram destacados no pronunciamento do Vereador.  Ele também falou sobre a importância de ir atrás de ações nas escolas. “Nossa educação já é referência em Porto União agora com a complementação desse projeto será ainda mais. Tenho certeza de que esse projeto será um sucesso para Porto União e esperamos que possamos abranger ainda mais locais do município”, afirma.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O chefe do Serviço de Saúde Ambiental da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Nayglon Goulart, representou a instituição. Ele parabenizou Porto União por ser um dos poucos municípios a participar desse projeto. “Porto União está de parabéns de iniciar esse projeto. Somente 139 municípios do Brasil foram contemplados com o projeto, em Santa Catarina, somente seis”, destaca Goulart. Ele enfatiza também que o projeto tem como prioridade criar uma consciência ambiental nas pessoas. “O objetivo é transformar os cuidados que serão destacados, em hábitos de toda a população. Se a gente tem essa consciência, no final de um tempo, a gente vai ver que o planeta vai agradecer. Temos que começar essa educação ambiental conosco”, diz.

Para o prefeito Anízio esse é um momento histórico para o município. “O que me chamou atenção é o tema: cuidar do MEU ambiente. Às vezes achamos que do meio ambiente é só os outros que tem que cuidar, mas não, todos temos que fazer a nossa parte”, disse. Ele também agradeceu e parabenizou toda a equipe envolvida tanto da Secretaria de Desenvolvimento como a de Saúde  e também as escolas que abraçaram a ideia. “É um projeto completo que se for conduzido bem não tenho dúvidas de que Porto União irá melhorar ainda mais os índices positivos que já são altos”, afirmou Anízio. “Eu destaco também aos alunos das escolas Nilo Peçanha e Antonio Gonzaga, que serão os maiores propagadores do que for orientado no decorrer do projeto”.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Anízio também chamou a atenção para a quantidade de lixo que é jogado fora diariamente. “Temos o nosso aterro sanitário e se você for lá ver fica muito triste com a quantidade de lixo que tem ali e que poderia ter outro destino. É muito lixo que jogamos no meio ambiente. Temos que mudar a nossa consciência e reaproveitar o que der para ser reciclado”, colocou.

Para finalizar o prefeito Anízio conclamou a todos. “Conclamo as secretarias e as escolas para que façamos um trabalho maravilhoso e para que tragam resultados efetivos para o futuro do nosso município”, pronunciou.

Participaram também do encontro o Secretário de Desenvolvimento Regional de Canoinhas, Ricardo Martin, a Coordenadora de Atenção Básica da Secretaria da Saúde, Ilse Simione Mibach, o Gerente de Desenvolvimento Ambiental da Fatma em Canoinhas, Ivo Dolinski, as diretoras das escolas dos bairros beneficiados Cléa Stori (Nilo Peçanha) e Viviane Muller (Antonio Gonzaga).

 

 

Via comunicação Prefeitura de Porto União.

Share

Sobre o Autor

marciel

marciel

Marciel Borges é jornalista graduado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), onde atualmente faz pós-graduação em MBA Gestão de Produção Criativa em Comunicação. Marciel atuou em emissoras de rádio Comunitária da região e na área da internet, onde pode adquirir conhecimento. No ano de 2012, realizou o seu trabalho de conclusão de Curso (TCC) contanto a História da Rádio Colmeia, sendo convidado para fazer parte do jornalismo digital da emissora.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há nenhum comentário no momento, você quer adicionar um?

Escrever comentário

Escrever comentário

Calendário

outubro 2018
D S T Q Q S S
« set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Últimos Cometários

Mauro M. Aqui é de Joinville - SC. Aqui na cidade algumas ruas precisam,...

Mauro M. Aqui é de joinville -SC. AS ruas aqui precisam de asfalto novo....

Acho muito importante estas acoes para preservar o pouco q ainda temos...

Colméia no Facebook