Rádio Colmeia CEJUSC incentiva a solidariedade para amenizar a fome » Rádio Colmeia

Escute a rádio

CEJUSC incentiva a solidariedade para amenizar a fome


1 de abril de 2021

Imagens: CEJUSC

O cenário da pandemia de Covid-19 deixou muitas pessoas desempregadas, com redução de ganhos, ou impossibilitadas de trabalhar (mães com filhos sem aulas na escola). Algumas famílias com renda abaixo de 30% do salário mínimo precisam arcar com aluguel, energia elétrica, água, e possuem dificuldade para manter a alimentação diária. Diversos casos judicializados e de atendimento preventivo à judicialização do CEJUSC passam também por avaliação socioeconômica para viabilização de ajuda extra, possível por meio de doações de colaboradores.

“Nosso papel é de execução de serviços de cidadania e não de assistencialismo, mas períodos excepcionais exigem ações e esforços da sociedade como este”, frisou o juiz Carlos Mattioli, que coordena o Centro de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) de União da Vitória. “Suprir necessidades mais básicas e evitar que adultos e crianças passem fome” acrescenta, frente às condições de muitas famílias que buscam o apoio para ter comida na mesa. Mattioli ressalta que muitos pais e mães estavam trabalhando antes da pandemia, e tinham uma fonte de renda, ainda que informal, e agora são surpreendidos por uma situação de dificuldade que nunca passaram. 

“O CEJUSC não pretende substituir, tal nem seria possível, a tarefa das secretarias de Assistência Social”, porém, afirma o juiz Carlos Mattioli,  “as secretarias precisam seguir critérios isonômicos, com entregas mensais programadas, regras e protocolos de distribuição, sendo nossa intenção em período tão delicado e de intenso aumento destas necessidades auxiliar a acrescer o trabalho com o atendimento de demandas mais imediatas, para pessoas que não tem muitas vezes o que comer no dia seguinte.”

“Há famílias que identificamos em atendimentos no Fórum que não conseguem esperar por esta logística”, reafirma. Adriane Maltauro, mediadora do CEJUSC, que organiza a arrecadação e compra de cestas básicas, “a genuína solidariedade é aquela praticada com quem nem mesmo conhecemos.” “A mobilização de pessoas das nossas cidades em nos auxiliar em levar alimentos a famílias que precisam nos dão incentivo e esperança que dias melhores estão por vir” completa.

Nesta última quinta-feira a equipe do CEJUSC realizou a entrega da primeira leva de cestas básicas doadas por parceiros do fórum.

CEJUSC e a Vara da Família agradecem a Guilherme e Vanessa Cornehl, David J. Rucinski, Edson da Silva e Valcira Ferri da Silva, Valdir Aliot, João Sérgio Rucinski, Juliano Brugnago, Samir Kamel Salha, José Junior, Loja Maçonica Universidade Sul Paranaense de União da Vitória, Marcos Rogério Hoberg, Gislaine Olbertz, Walkyria Skudlareck, Marina Casal, Janice Fariniuk (Lar Espirita Joana de Angelis), Karylen Gilliane, Bianor Corraióla Junior, Taina Juriti Feijó Pinto, Angelica Kmita, Orlando Senff. Mario Martins Filho, Joelma Martins, e Quarentena Solidária.

Doações de cestas básicas podem ser deixadas em qualquer dia e horário na portaria da Vara da Família/CEJUSC, Rua Professora Amazília, 780, Centro, União da Vitória.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Polícia Militar de Porto União lança campanha “Vacina contra a Fome”

Em um momento tão crítico da pandemia, queremos incentivar a sociedade a contribuir com nossas ações de combate à fome, garantindo a segurança alimentar das muitas famílias do município em situação de vulnerabilidade. Pensando nisso, a PM de Porto União, por meio do projeto “Setor de Apoio Humanitário”, está convidando você a exercer a generosidade […]

Chefe Regional do Ciretran de UVA morre vítima da Covid-19

O Chefe Regional da 4ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de União da Vitória, Alceu Lourenço de Paula de 57 anos, que foi diagnosticado com Covid-19, veio a óbito neste sábado, 17. Alceu de Paula apresentou sintomas, como dificuldades para respirar e dores de cabeça na metade do mês de março. Ele estava internado na […]

Caixa pode fazer novas antecipações de saques do auxílio emergencial

Depois de antecipar em duas semanas, o saque da primeira parcela da nova rodada do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal poderá fazer o mesmo com as demais parcelas, disse ontem (16) o presidente do banco, Pedro Guimarães. Segundo ele, a medida será tomada se o calendário da primeira parcela funcionar bem. “A partir da avaliação do […]