Jovem de 19 anos de União da Vitória é diagnosticado com câncer raro e agressivo » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Jovem de 19 anos de União da Vitória é diagnosticado com câncer raro e agressivo


Arquivo da Família

Kayque Onevetch, um jovem de 19 anos residente em União da Vitória, teve sua vida transformada em 3 de junho de 2024, ao receber o diagnóstico de um câncer raro e agressivo conhecido como Coriocarcinoma.

Segundo familiares, os primeiros sinais apareceram em meados de maio, quando ele acordou reclamando de problemas de visão.

No entanto, durante esse período, Kayque continuou a se queixar de problemas de visão e intensas dores de cabeça. O jovem inclusive precisou ser levado às pressas para Upa após a visão piorar muito. Depois desse episódio, vários outros exames foram feitos e no dia 3 de junho o diagnóstico foi confirmado.

Desde então, Kayque foi internado em dois hospitais em União da Vitória e Porto União.

No domingo, dia 16, devido à gravidade do seu quadro, ele foi transferido para o Hospital Angelina Caron, em Curitiba. A transferência foi recomendada por oncologistas e neurologistas, que decidiram que o tratamento mais adequado seria intercalar radioterapia com quimioterapia, na esperança de um efeito rápido.

Kayque encontra-se na UTI, entubado e com sonda para alimentação.

A família, os médicos informaram que o tipo de câncer que ele tem, o Coriocarcinoma é bastante agressivo. Segundo especialistas, ele geralmente começa nos testículos e pode se espalhar para outros orgãos. No caso de Kayque, o problema afetou a visão.

Segundo Bruna Weber namorada de Kayque, a visão foi afetada devido as metástases no cérebro que fez com que ele aumentasse o tamanho, pressionando os olhos. Então com medicamentos com corticoide a ideia é que diminua o tamanho do cérebro, ele também está com um dreno na cabeça para diminuir a pressão.

“Nossa maior missão no momento é que ele acorde, pois desde a cirurgia do dreno, ele não acordou mais, mesmo com a sedação mínima. Justamente por causa de uma metástase que fica na área do cérebro onde faz a pessoa despertar. Por isso a rádio é importante, pois ela atua diretamente no problema”, explicou Bruna.

Para ajudar nos custos do tratamento e na manutenção da mãe de Kayque, Thamires Alves Martins, que está acompanhando-o em Curitiba, a família iniciou uma campanha de arrecadação online. Thamires, profissional liberal que trabalha com doces, está atualmente sem renda devido à necessidade de acompanhar o filho.

A família disponibilizou o link da Vakinha e o pix pessoal da mãe de Kayque.

Chave celular 42991379226

Thamires Alves Martins

Link da Vakinha:

https://www.vakinha.com.br/4893045

**VVale

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Colapso Digital: Impactos no Brasil

Nesta sexta-feira, 19 de julho de 2024, um apagão cibernético global causou problemas em sistemas de diversos setores no Brasil e no mundo. Companhias aéreas, hospitais, varejistas e outros negócios foram afetados. A interrupção começou com uma falha em uma atualização de segurança da CrowdStrike, impactando dispositivos Windows e causando problemas com serviços do Microsoft […]

No Paraná, 75,8% da frota tributada pagou IPVA lançado em 2024; veja como regularizar

Os proprietários pagaram R$ 4,99 bilhões, o equivalente a 77,7% do valor lançado – segundo dados lançados até o dia 15 de julho. Desse total, R$ 4,69 bilhões foram quitados integralmente e R$ 295,2 milhões foram recebidos sob a forma de pagamento parcial. Após 30 dias de atraso, imposto devido é acrescido de juros e […]

Sobremesa cremosa de domingo

Receita enviada pela ouvinte Zilda Ignaszewski de Paulo Frontin Ingredientes – 1 caixinha de leite condensado – 2 caixinha de creme de leite – 1 suco em pó abacaxi (ou qualquer outro de sua preferência) – 2 colheres de sopa de coco ralado (opcional) Modo de preparo Bater todos os ingredientes do liquidificador por 2 […]