Rádio Colmeia Paraná ultrapassa 20% da população vacinada com a primeira dose » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Paraná ultrapassa 20% da população vacinada com a primeira dose


19 de maio de 2021

Divulgação

Um a cada cinco moradores do Paraná já recebeu ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19. De acordo com o Ranking da Vacinação, da Secretaria da Saúde, o Estado aplicou 2.176.065 primeiras doses até o fim da manhã desta quarta-feira (19). O número corresponde a 20,83% do total da população paranaense, quantitativo estimado com base no censo demográfico de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pequena Diamante do Norte, cidade da Região Noroeste, é proporcionalmente a que mais tem imunizados – 42,65% da população com mais de 18 anos foi protegida parcialmente. Puxa a fila de 255 municípios paranaenses (64% do Estado) que já romperam a barreira dos 20% de moradores que receberam a primeira dose.

Dentro desse grupo, 12 municípios estão com o processo ainda mais adiantado. Além de Diamante do Norte, São Jorge D’Oeste, Kaloré, Pontal do Paraná, Rio Bom, São Manoel do Paraná, Bom Jesus do Sul, Floraí, Nova Santa Bárbara, Santo Antônio do Caiuá, Iguatu e Lidianópolis têm 30% ou mais dos habitantes vacinados.

“Precisamos fazer com que a vacina chegue no braço na totalidade dos paranaenses. Para isso, contamos com o apoio dos municípios para aplicar as vacinas tão logo elas cheguem. É importante continuar o trabalho de imunização em todos os grupos prioritários”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Segundo o Plano Estadual de Vacinação, 4.812.142 pessoas compõem os 28 grupos prioritários da imunização. Além dos profissionais de educação e da segurança, a vacinação atualmente avança nos conjuntos de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas – o maior de todo o plano de vacinação – e pessoas com deficiência permanente grave. Também segue a aplicação da segunda dose em grupos que já iniciaram seu ciclo de imunização, como nas pessoas acima de 60 anos.

SEGUNDA DOSE – Ainda de acordo com o Ranking, 1.118.962 moradores do Estado completaram o ciclo protetivo, com a aplicação das duas doses estipuladas pelas farmacêuticas. O número é relativo a 10,71% da população total paranaense, também segundo o censo de 2010 do IBGE.

Nova Santa Bárbara (23,54%), Nova Laranjeiras (21,66%) e Diamante do Norte (20,26%) são as mais adiantadas. Além delas, outras 20 cidades garantiram o encerramento do ciclo vacinal em pelo menos 15% dos habitantes.

“Temos cumprido nosso compromisso de enviar todas as doses aos municípios no menor tempo possível. Temos capacidade de vacinar de 150 a 200 mil paranaenses por dia. Nosso objetivo é sempre acelerar a aplicação para imunizar cada vez mais paranaenses”, destacou Beto Preto.

Até o momento, 4.905.000 doses já foram enviadas ao Paraná pelo Ministério da Saúde, incluindo as vacinas da Pfizer/BioNTech, AstraZeneca/Fiocruz e CoronaVac/Butantan.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Epagri estima que safra de inverno será positiva em Santa Catarina

O Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa) estima que a produção da safra de inverno 2021/22 seja positiva em Santa Catarina, com previsão de aumento de produção em todo o Estado. Só o trigo deve ter um aumento de 55% no total produzido. Aveia, cevada, cebola e alho completam o rol das […]

Cruz Machado programa Horas Máquina abre licitação para contratação de empresas

Foi assinada na manhã desta segunda-feira, 21, a autorização para abertura de processo licitatório para a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de Horas Máquina, destinados para serviços diversos em estradas e propriedade rurais contemplados no “Programa Horas Máquina”, conforme a Lei Municipal n.º 1411/2013, o qual busca o fomento e incentivo à […]

Cras em Casa de Irineópolis desenvolve atividade de reflexão sobre o trabalho infantil

Durante o mês de junho, os participantes do projeto Cras em Casa desenvolvem atividades em família que proporcionaram a reflexão sobre o tema “Trabalho Infantil”. Por meio de ações pedagógicas e recreativas a equipe do Cras buscou envolver o público atendido pelo projeto, sensibilizando a comunidade sobre os riscos que estão expostas as crianças e […]