Projeto que cria a Rota Turística Caminhos da Erva-Mate é sancionado em Santa Catarina » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Projeto que cria a Rota Turística Caminhos da Erva-Mate é sancionado em Santa Catarina


7 de fevereiro de 2024

Já está em vigor, a lei que cria a Rota Turística Caminhos da Erva-Mate na região do Planalto Norte

Ilustrativa

A iniciativa, de autoria do deputado estadual Antídio Lunelli (MDB), foi aprovada em novembro do ano anterior no plenário da Alesc, e nesta segunda-feira, 5, foi sancionada pelo governador Jorginho Mello (PL).

De acordo com a lei, fazem parte da rota turística da Erva-Mate, os municípios de: Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Irineópolis, Mafra, Major Vieira, Monte Castelo, Papanduva, Porto União, Itaiópolis e Três Barras. Futuramente, outros municípios catarinenses também poderão se integrar à rota.

A partir de agora, essas cidades poderão divulgar e promover toda a cadeia produtiva da erva-mate, destacar os pontos turísticos, preservar cada vez mais a cultura regional, contribuir com a abertura de novos negócios, além de aquecer a economia local e fomentar o desenvolvimento socioeconômico da região.

Para Lunelli, as estratégias para o desenvolvimento econômico do estado também incluem a visibilidade e fortalecimento das vocações locais e regionais.

“Como defensor da bandeira do fortalecimento do ecossistema dos negócios do estado, entendo que é importante valorizar e fornecer as bases para que a nossa economia cresça também regionalmente. É nas cidades que os catarinenses vivem, trabalham, empreendem, então é para lá que os nossos olhares precisam se concentrar também. E quando fazemos isso, unindo potencial econômico à valorização da cultura, tradição e raízes de cada região, estamos, de fato, promovendo o desenvolvimento socioeconômico de Santa Catarina”, pontua Lunelli.

Erva-mate no Planalto Norte

A atividade comercial da erva-mate no Planalto Norte existe há mais de 150 anos e os seus ervais são, na maioria, formados por plantas nativas, sem espécies exóticas e sem agrotóxicos, além disso, a região conta com características climáticas que favorecem o cultivo de um produto de qualidade.

Estima-se que a região produza, anualmente, 100 mil toneladas de erva-mate, exportando cerca de 70% para Uruguai, Chile, Argentina, Paraguai, além de países da Europa.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


União da Vitória recebe The Big Circus um dos maiores circos do Brasil em Março

Globo da morte e o Mundo dos Dinossauros prometem encantar o público de União da Vitória e Porto União Em Março, dia 01, às 20h30, o The Big Circus estreia pela primeira vez em União da Vitória, no campo do São Bernardo Futebol Clube (Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto) com uma atração especial: o […]

Cientistas criam “arroz de carne” para combater fome e desnutrição

A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com células de boi em laboratório Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram um novo tipo de alimento que pode ser uma solução para a fome e a desnutrição no mundo: o “arroz de carne”. A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com […]

Reconstrução da BR 476 em debate no Sul do Paraná

A reconstrução da BR 476 está em debate nessa semana. A rodovia está em condições ruins há muitos anos e diversos acidentes já foram contabilizados infelizmente. Você acompanha agora a entrevista com o Deputado Estadual Hussein Bakri, um dos representantes da região da Amsulpar, que fala sobre o que está sendo feito. O Deputado Federal […]