Qualidade da água da Sanepar é monitorada por rede de saúde pública » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Qualidade da água da Sanepar é monitorada por rede de saúde pública


17 de novembro de 2021

Foto: Brunno Covello

Todos os resultados das análises laboratoriais de qualidade da água da Sanepar são monitorados por uma rede de saúde pública formada pela Vigilância Sanitária, Secretaria estadual da Saúde e Ministério da Saúde. Por ano, a Companhia analisa 7,5 milhões de parâmetros (recomendações técnicas) estabelecidos pelo Ministério, nos 346 municípios paranaenses atendidos pela empresa. Os resultados dessas análises são enviados por relatório para as Vigilâncias Sanitárias dos municípios, que alimentam o Sistema de Informação da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua).

Além desse sistema, as mesmas informações ficam disponíveis para a população, no site da Sanepar, no campo “Qualidade da Água”. Os clientes podem consultar o relatório anual por localidade ou as atualizações de cada cidade em tempo real.

Assim que os resultados são inseridos no sistema, o consumidor já tem acesso às análises feitas em sua cidade. Os dados são claros e acessíveis. As informações também são enviadas mensalmente aos clientes na conta de água.

A gerente de Avaliação de Conformidades da Sanepar, Cynthia Castro Corrêa Malaghini, explica que o Sisagua garante confiabilidade aos dados das análises feitas pelas companhias de saneamento porque tem rastreabilidade de todo o processo. “Ou seja, uma vez inseridas as informações, em tempo real, não podem ser alteradas, a não ser com uma justificativa plausível, que fica também registrada”, afirma Cynthia.

SISTEMA – Há quatro anos, a Sanepar foi a primeira companhia de saneamento do País a implantar o Sistema de Gerenciamento de Informações Laboratoriais (LIMS – Laboratory Information Management Systems) em seus 153 laboratórios descentralizados e quatro grandes laboratórios centrais de Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel. Capaz de automatizar todos os processos, o LIMS garante rastreabilidade e segurança para os dados.

“Nenhum outro alimento é tão controlado quanto a água de abastecimento público. A divulgação de todas essas informações não apenas cumpre as exigências da legislação, como também confirma o compromisso da Sanepar com a transparência”, acrescenta Cynthia.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Morador de União da Vitória é vítima de estelionatários e tem quase R$ 15 mil retirados de conta no banco

Compareceu na sede do 27º Batalhão da Polícia Militar em União da Vitória nessa sexta-feira, 24, por volta das 14h55, um morador da área central, relatando que foi vítima de um golpe com cartões do banco. Disse que recebeu a ligação de uma pessoa que se identificou como funcionário do Banco do Brasil, onde tem […]

Avança licitação de obra para solucionar queda de rochas em União da Vitória

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou nesta quinta-feira (23) a sessão de abertura dos envelopes com documentos de habilitação da obra de estabilização de taludes em trecho da PRC-466 em União da Vitória. O local é conhecido como um ponto de queda de barreira, principalmente em períodos de chuvas, e atualmente […]

Aneel mantém bandeira tarifária verde para julho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira verde em julho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês. É o terceiro o anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, […]