ANEEL anuncia reajuste tarifário da Celesc abaixo da inflação com impacto médio de 2,3% » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

ANEEL anuncia reajuste tarifário da Celesc abaixo da inflação com impacto médio de 2,3%


15 de agosto de 2023

Companhia segue com uma das menores tarifas do país

Foto: Celesc

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) homologou na manhã desta terça-feira (15) o Reajuste Tarifário Anual da Celesc. O efeito médio ao consumidor catarinense será de 2,3%, abaixo da inflação acumulada nos últimos 12 meses – medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – que é de 3,99%. As novas tarifas entram em vigor no dia 22 de agosto.

Para os consumidores residenciais, que representam 80% dos clientes da Celesc – cerca de 2,6 milhões de Unidades Consumidoras (UCs), a agência reguladora estabeleceu o reajuste de 3,64%.

Para os clientes comerciais, que representam 9,3% do total de consumidores, o aumento será de 3,57%. Já para o Grupo A (alta tensão), que é composto principalmente por clientes da indústria e da força produtiva, haverá redução de 0,81% do valor da tarifa.

“Comparando com as outras concessionárias continuamos com uma das tarifas mais baratas do País. Isso mostra que a Celesc está no rumo certo, a caminho de ser uma empresa pública cada vez mais forte e mais eficiente”, destaca o presidente da Companhia, Tarcísio Estefano Rosa.

Atualmente, segundo o ranking da Aneel que classifica as Concessionárias de energia de acordo com valor da tarifa residencial em reais por quilowatt hora (kWh), o catarinense estará pagando R$ 0,59 por kWh, 17% a menos do que a média nacional, que é de R$ 0,71.

A tarifa mais cara do Brasil é da ENEL, do Rio de Janeiro, que cobra R$ 0,89 /kWh, enquanto a Celesc cobrará R$ 0,59 /kWh já com a tarifa nova, ou seja, R$ 0,30/kWh mais barata / ou 33% menor.

 “É importante esclarecer ao consumidor que o valor que ele paga na sua conta de luz não fica integralmente com a Celesc. A maior parte desse recurso nós apenas repassamos, como os impostos e o custo para a compra de energia, por exemplo. Na prática, a cada R$ 100 pagos pelo cliente, apenas R$ 15,90 fica com a Companhia”, explica o diretor de Regulação e Gestão da Energia, Pedro Augusto Schmidt de Carvalho Júnior.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Fernanda Sardanha e Adão Staniszewski são definidos como candidatos a prefeito e vice em São Mateus do Sul

Na tarde de hoje, 20 de julho de 2024, foram realizadas as convenções partidárias em São Mateus do Sul, que definiram os nomes dos candidatos para as próximas eleições municipais. A atual prefeita Fernanda Sardanha, do PSD, foi confirmada como candidata à reeleição, tendo Adão Staniszewski, do PP, como candidato a vice-prefeito. As convenções dos […]

Acidente na BR-280 envolve caminhão e carro em frente ao CIDASC

Um acidente foi registrado nas primeiras horas da manhã deste sábado, 20, em frente ao CIDASC na BR-280. A colisão envolveu um caminhão Volkswagen, com placas de Massaranduba, Santa Catarina, e um Space Fox, com placas de Caçador. De acordo com informações, o caminhão estava estacionado e o condutor estava dormindo no pátio quando o […]

Colapso Digital: Impactos no Brasil

Nesta sexta-feira, 19 de julho de 2024, um apagão cibernético global causou problemas em sistemas de diversos setores no Brasil e no mundo. Companhias aéreas, hospitais, varejistas e outros negócios foram afetados. A interrupção começou com uma falha em uma atualização de segurança da CrowdStrike, impactando dispositivos Windows e causando problemas com serviços do Microsoft […]