Aos 118 anos, idosa do RJ pode bater recorde de mulher mais velha do mundo » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Aos 118 anos, idosa do RJ pode bater recorde de mulher mais velha do mundo


15 de março de 2023

Foto: arquivo pessoal/Divulgação

É de uma brasileira, o recorde de Mulher Mais Velha do Mundo! Com muito vigor e saúde, a idosa Deolira Glicéria acaba de completar 118 anos no último dia 10 de março e ultrapassa o recorde da espanhola Maria Branyas Moreira, de 116 anos, que tem o título do Guiness Book.

Nascida em Porciúncula (RJ) a idosa hoje vive em Itaperuna, Noroeste fluminense. Ela teve sete filhos – três ainda vivos -, tem 40 bisnetos e aproximadamente 15 tataranetos. Já o número de netos, a família diz que não dá pra contar.

Mesmo com saúde e muito lúcida, dona Deolira mantém um acompanhamento médico, para garantir viver ainda mais! A família ainda não se pronunciou sobre o pedido do recorde para o Guiness Book, mas vamos torcer para que isso aconteça logo!

Vida boa

Nascida em 1905, vive com parentes a 40 km da terra natal há seis meses.

E, falando em família, a da dona Deolira é bem grande! Sendo a única de três irmãs que ainda está viva, a mulher teve 7 filhos ao longo dos anos. Infelizmente, quatro deles já faleceram.

No entanto, a idosa tem mais de 40 bisnetos e 15 tataranetos (trinetos). Atualmente, há tanta gente que nem os familiares sabem o quanto essa família aumentou no decorrer do tempo.

Dona Deolinda é uma verdadeira matriarca!

Segredos diários 

Chegar aos 118 anos é complexo, mas com a saúde de dona Deolira é fácil. A idosa é acompanhada de perto pelo médico Juair de Abreu Pereira, geriatra e psiquiatra.

De acordo com o médico, a idosa tem uma rotina que a possibilitou viver por tanto tempo e bem, tornando-a o maior exemplo de longevidade do Brasil.

“Ela soube lidar com o estresse do dia a dia, ter diariamente, ao longo da vida, uma alimentação saudável e preservar o cognitivo e a memória mediante uma boa qualidade de sono”, afirmou.

Mulher de fé

Dona Deolira também acredita que a fé é um quesito importante para viver plenamente. Segundo o seu médico, a idosa de 118 anos, que agora é recordista, não deixou em nenhum momento de ter suas crenças espirituais.

“Acima de tudo, é uma mulher de fé em Deus”, disse Juair.

Tendo um rotina de rezas regradas, ela nunca deixa de ter um momento para orações como Pai-Nosso e Ave-Maria.

Além disso, dona Deolira é apreciadora de uma boa música! Sendo fã das famosas marchinhas de Carnaval, a mulher adora as festividades dessa época.

**Via Só Notícia Boa

 Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Peixe de três olhos é encontrado na Groenlândia; Simpsons acertam novamente

Simpsons já acertaram vitória de Trump e vitória da Alemanha na Copa de 2014 Um peixe de três olhos foi encontrado durante uma pescaria na costa da Groenlândia, conforme noticiado pelo Daily Mirror. Internautas relembraram episódio do seriado Os Simpsons. “Os Simpsons acertam novamente”, escreveu uma internauta. A descoberta inusitada rapidamente chamou a atenção por remeter […]

Energia Boa: Governo e Celesc projetam R$ 3 bilhões em investimentos para a geração de energias renováveis em SC

Maior programa estadual de fomento à expansão de energia limpa já realizado no País, o Energia Boa prevê a construção de seis novas subestações e linhas de transmissão para conectar novas usinas ao sistema elétrico, gerando 19 mil empregos. O município de Matos Costa esta incluido neste programa. O governador Jorginho Mello lançou nesta sexta-feira, […]

Alteração no sentido da Rua José Cleto Silva no bairro São Basílio Magno em União da Vitória

A Prefeitura de União da Vitória, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Vigilância e Fiscalização (UVTRAN) informa que, a partir desta sexta-feira, 21 de junho, haverá uma alteração no sentido de um trecho da Rua José Júlio Cleto Silva. O trecho compreendido entre a Rua Balduído Bohrer e a Rua Marechal Deodoro da Fonseca […]