Chacina de Joinville: primeira vítima identificada era de Cruz Machado » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Chacina de Joinville: primeira vítima identificada era de Cruz Machado


16 de janeiro de 2023

Foi liberado para a família o primeiro corpo de uma das vítimas da chacina que chocou a região no último fim de semana em Joinville, no Norte catarinense. Seis corpos foram encontrados carbonizados dentro de um carro no último domingo (8). Por conta do estado das vítimas, a identificação foi possível após familiares cederem amostras para exames de DNA.

Rivair foi uma das vítimas mortas na chacina. Seu corpo foi liberado para os familiares – Foto: Reprodução/Redes Sociais/ND

O corpo de Rivair Amaral Ribeiro, de 22 anos, foi encaminhado para a cidade de Cruz Machado, no Paraná. O jovem era casado e deixa um filho de 3 anos.

Familiares das vítimas, que moram no Paraná, vieram a Joinville no dia seguinte ao crime. Eles foram levados ao IML (Instituto Médico Legal) para fornecer material para o exame de DNA e à Delegacia de Homicídios, onde prestaram depoimentos.

Além de Rivair, sabe-se que entre as vítimas estão Marcos Machado; João Mário do Amaral; Ivonei Wendler dos Santos; Daniel Marcolino de Lima. Cristiano Souza está desaparecido.

O crime

Os seis corpos foram encontrados carbonizados dentro de um veículo da empresa para a qual eles trabalhavam na manhã do domingo, depois de terem a casa em que moravam foi invadida e incendiada.

Além das vítimas encontradas mortas, uma está desaparecida e outros três trabalhadores conseguiram fugir depois que foram sequestrados e o carro em que estavam quebrou. Os suspeitos abandonaram o veículo e os sobreviventes conseguiram buscar ajuda com um morador da região.

Segundo a investigação, o que pode ter motivado o crime foi o desentendimento de um dos trabalhadores, que são do Paraná, com uma mulher e, em retaliação, um grupo invadiu a casa em que os trabalhadores moravam.

O grupo teria espancado as vítimas ainda dentro de casa, as sequestrado e os corpos foram deixados dentro de um dos carros da empresa que realiza trabalho de limpeza e roçada.

Laudos periciais devem indicar a maneira como as vítimas foram assassinadas.

**ND+

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Tempo será de sol nesta semana no Vale do Iguaçu

O tempo no Vale do Iguaçu segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) indica que a semana será de tempo estável e sol com a máxima em 27ºC. De acordo com o site, essa terça-feira, 7, a máxima chega aos 26º C sem probabilidade de chuva. Na sexta há indicação de […]

Poupança tem retirada recorde de R$ 33,63 bi em janeiro

Mesmo voltando a render mais que a inflação, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros enfrentar fuga recorde de recursos. Em janeiro, os brasileiros sacaram R$ 33,63 bilhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança, informou ontem (6) o Banco Central (BC). A retirada líquida (saques menos depósitos) é a maior para todos […]

Lei que permite ensino domiciliar em SC é declarada inconstitucional

A Lei Complementar n. 775, de 3 de novembro de 2021, que altera a lei que dispõe sobre o Sistema Estadual de Educação para permitir a educação domiciliar – o chamado homeschooling – no Estado foi declarada inconstitucional, como sustentado o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). A decisão judicial pela inconstitucionalidade foi por unanimidade do Órgão […]