Conselho Tutelar de Porto Vitória realiza Seminário com participação do juiz Mattioli » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Conselho Tutelar de Porto Vitória realiza Seminário com participação do juiz Mattioli


9 de novembro de 2021

Fotos: Divulgação

A promoção do 1º Seminário Congregado – voltado aos Direitos das Crianças e Adolescentes – ocorreu por iniciativa do Conselho Tutelar de Porto Vitória e teve o juiz Carlos Mattioli como conferencista. O evento foi realizado no Porto Vitória Esporte Clube (Salão de Molas) e reuniu representantes de classe, autoridades e estudantes do município, nesta sexta-feira, 5, com ênfase ao trabalho em rede.

“Todos pelos Direitos das Crianças e dos Adolescentes” foi a temática central e, nesse contexto, o magistrado falou sobre o trabalho em rede, com apoio e parceria entre diversos órgão públicos e sociedade civil. Carlos Mattioli descreveu ações desenvolvidas na Vara da Família e CEJUSC que vem de encontro a essa perspectiva de proteger crianças e adolescentes quanto aos seus direitos, perante à lei, e dar o suporte necessário seja no campo jurídico ou outras necessidades.

O magistrado destacou a existência do CEJUSC, com 38 projetos de cidadania, e o aparato desenvolvido para criar meios de proteção para crianças e adolescentes e prestar atendimentos necessários, por meio de parcerias formadas. Muitos casos de violência estão presentes na sociedade, disso o trabalho para prevenir, coibir e dar o respaldo necessário para acolher vítimas desses atos, segundo Carlos Mattioli. “Estamos com a equipe pronta para atender, basta nos procurar”, frisou.

Para ele, o trabalho em rede com o Ministério Público, Prefeitura, Câmara de vereadores, Polícia Militar, Instituições de Ensino, Setor Educacional, de Saúde e sociedade civil organizada precisa estar conectado com esse propósito. Visão compartilhada pela prefeita de Porto Vitória, Marisa de Fátima Ilkiu de Souza, e pelo organizador do evento, o presidente do Conselho Tutelar, João Almir Pereira dos Santos. Ambos discursaram nesse sentido, endossando a fala do juiz Mattioli.

Um dos diferenciais na região, tendo como exemplo o combate à evasão escolar, é justamente esse trabalho em rede para manter as crianças e adolescentes nas escolas. Também para acolher quem passa por dificuldade e precisa de ajuda e atenção, especialmente casos de violências, que são atendidos diretamente pelo magistrado e equipe técnica multidisciplinar, explicou o juiz Carlos Mattioli. Ao final, ressaltou a possibilidade de toda pessoa o procurar diretamente pelas redes sociais inclusive.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Beneficiários do INSS começam a receber o 13º a partir de quarta-feira

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a primeira metade da parcela do 13º salário, a partir desta quarta-feira (24). Em geral, a primeira parcela do abono anual, também conhecido como 13º dos beneficiários da Previdência Social, ocorre em agosto de cada ano. No mês passado, o governo […]

Nova feira dos produtores rurais em União da Vitória promete surpreender

A feira contará com uma ampla gama de comodidades, incluindo uma cobertura de policarbonato em estrutura metálica, barracas externas com toldo e calçadas União da Vitória está prestes a receber uma adição marcante, com Nova Feira dos Produtores Rurais. Esta iniciativa, que está sendo realizada pela Prefeitura com investimento federal através de emenda do Deputado […]

Transformação digital: novo sistema comercial da Celesc disponibilizará mais de 80 serviços online

Migração vai acontecer no fim deste mês, quando o atendimento funcionará de forma parcial por três dias úteis A partir de 07 de maio, os mais de 3,5 milhões de clientes da Celesc terão acesso a todos os serviços da distribuidora de forma mais ágil, prática e intuitiva, sem precisar sair de casa. Isto porque, […]