Rádio Colmeia COVID 19: Mesmo diminuindo os casos, Bituruna continua com medidas restritivas e mantendo as pessoas em isolamento domiciliar » Rádio Colmeia

Escute a rádio

COVID 19: Mesmo diminuindo os casos, Bituruna continua com medidas restritivas e mantendo as pessoas em isolamento domiciliar


17 de dezembro de 2020

Foto: Reprodução

Depois de 12 dias com um pico elevado de casos diários do coronavírus em Bituruna, nos últimos cinco dias a situação foi controlada. No entanto, as medidas restritivas para conter a disseminação do vírus continua. De acordo com os dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, ao todo são 92 casos positivos, 11 casos ativos e 11 em investigação.

De acordo com o Secretário municipal de Saúde, Josmar Guiz, o mês de dezembro começou com um aumento de casos em todo o estado do Paraná, e a situação foi sendo controlada nessa última semana. “Porém temos que pensar como uma Regional de Saúde, com a falta de leitos de UTI, entre outras situações, não só no nosso município”, pontua.

Segundo ele, a preocupação é também com os municípios vizinhos, em que o número de casos ativos é elevado. “Nós estamos pedindo para nossa população manter todos os cuidados de higienização, para que não se propague o vírus em nosso município e principalmente para que cuidem com viagens para não trazer o vírus para o nosso município de forma mais intensa”, orienta Guiz.

Atualmente, o município de Bituruna totaliza 92 casos positivos da Covid -19, destes, 75 são pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-PR) e 17 são de teste rápido e laboratórios particulares. São 11 casos ativos, 10 em isolamento e tratamento domiciliar e uma pessoa em internamento hospitalar. Também são 11 pessoas em investigação, aguardando o resultado dos exames.

“Isso totaliza mais de 105 pessoas sendo monitoradas e acompanhadas em forma de isolamento, para que a gente consiga trabalhar com o menor número possível de contágio entre familiares. Então acabamos isolando bastante gente para que não haja essa propagação”, explica o secretário.

Como medidas restritivas à população, está mantido o toque de recolher às 23h, e as do decreto do Estado, bem como a orientação de manter todos os cuidados. “Não é culpa de ninguém, mas precisamos cuidar de toda nossa população e, automaticamente nós cidadãos precisamos ter a nossa consciência de fazer o melhor para o próximo, para o seu familiar também, para evitar que venha esse vírus que é perigoso, sim, e que tanto já deixou marcas”, afirma Guiz.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Entenda como funciona e qual a eficácia da vacina contra a Covid-19

Desde o início da pandemia uma das maiores expectativas da população mundial era a produção e chegada da vacina contra a Covid-19. No domingo, 17, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da CoronaVac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan de São Paulo, em desenvolvimento com o laboratório chinês Sinovac, para […]

Estabelecimento clandestino em União da Vitória é fechado pela Polícia Militar

Após denúncias recebidas pela Polícia Militar de Porto União, junto da Polícia Militar de União da Vitória, as equipes se deslocaram até a Rua Coronel Amazonas, área central, por volta das 22h dessa sexta-feira, 22, para abordar um estabelecimento clandestino em que estaria ocorrendo os crimes de tráfico de entorpecentes, rufianismo e aglomerações de pessoas. […]

Mandado de prisão é cumprido no bairro Sagrada Família em União da Vitória

Um mandado de prisão em desfavor de um homem de 30 anos foi realizado pela Polícia Militar de União da Vitória, por volta das 22h45 dessa sexta-feira, 22, no bairro Sagrada Família, após visualizar o mesmo em via pública. Ele estaria entrando em sua casa no momento em que a equipe deu voz de prisão. […]