Delegado confirma que dupla presa matou ex-secretário de Major Vieira » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Delegado confirma que dupla presa matou ex-secretário de Major Vieira


15 de junho de 2022

Os dois rapazes presos no interior de Papanduva, acusados de terem executado na manhã desta terça-feira, 14, o ex-secretário de Obras de Major Vieira, Sérgio Roberto Lezan, vão seguir presos. Segundo o delegado regional Eduardo Borges, por meio dos depoimentos dos dois, “pode-se angariar elementos suficientes para serem presos em flagrante os dois. Dentre os elementos, diversas imagens de câmeras e relatos de testemunhas permitiram efetuar um reconhecimento”.

A investigação foi bem-sucedida ao já durante a tarde a motocicleta usada no crime ter sido identificada. “Essas informações contribuíram nas buscas e perseguições, resultando nas prisões”, complementa o delegado.


As investigações prosseguem, buscado identificar a motivação para o crime.

Lezan foi morto a tiros em frente ao ginásio de esportes onde trabalhava no centro de Major Vieira.

No final da tarde a Polícia encontrou o proprietário da motocicleta usada no crime. O então dono foi encaminhado para a Delegacia onde afirmou que vendeu a motocicleta no sábado, 11, e indicou quem teria comprado. Uma postagem no Facebook comprovou a venda da motocicleta. Como a venda foi recente, não houve tempo hábil de transferir os documentos da motocicleta.

A partir da identidade do comprador, a Polícia iniciou buscas e chegou ao paradeiro do rapaz no começo da noite desta terça. Ele foi preso junto com o suposto comparsa na localidade de Rio Bonito, interior de Papanduva. Eles estavam com a motocicleta usada no crime. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Papanduva, onde foram ouvidos pelo delegado regional. A identidade deles não foi revelada.

Lezan foi um dos delatores do esquema que a então contadora da prefeitura, Marenize Brocco, teria instaurado dentro da prefeitura. A delação, feita junto com o prefeito Adilson Lisczkovski (Patriotas), desencadeou a operação Conta Zerada, que levou a contadora e seu marido para a cadeia em setembro do ano passado.

**JMais

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Impacto da pandemia reduziu salários em 2020, aponta IBGE

O primeiro ano da pandemia fez os salários pagos pelas empresas brasileiras cair em 2020, de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados no mês de junho. A média mensal paga foi de R$ 3.043,81, que representa uma redução de 3% em valores reais na comparação com 2019. O […]

Polícia Militar de Porto União desencadeia Operação Narcos

Na noite dessa sexta-feira, 30, a Policia Militar de Porto União realizou a Operação Narcos Brasil. Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a operação está sendo realizada em todas as unidades da federação. O objetivo é realizar ações preventivas, ostensivas e repressivas de combate ao tráfico de drogas por meio de abordagens, […]

TSE: doações por Pix para campanhas serão apenas com CPF como chave

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou ontem (1º) que somente pessoas físicas que cadastrarem o CPF como chave Pix podem fazer doações para campanhas eleitorais nas eleições de outubro.  Em maio, o tribunal autorizou as doações por meio do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. O caso foi decidido a partir de uma consulta feita pelo […]