Governador do Paraná anuncia bônus para nota boa no Ideb e projeto de energia solar nas escolas » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Governador do Paraná anuncia bônus para nota boa no Ideb e projeto de energia solar nas escolas


9 de agosto de 2023

Foto: Jonathan Campos/AEN

Profissionais dos colégios da rede estadual do Paraná que tiverem bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) vão receber um bônus de R$ 3 mil cada. O anúncio foi feito nesta terça-feira (08) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo secretário estadual da Educação, Roni Miranda, e tem como objetivo incentivar os educadores a manterem o Paraná no topo da educação nacional.

O bônus será destinado a todos os profissionais das escolas que atingirem ou ultrapassarem a meta do Ideb estipulada pela Seed, incluindo diretores, professores, pedagogos, merendeiras e profissionais administrativos. Ele deve ser pago a partir do ano que vem, quando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação, divulgar o novo resultado da avaliação. Na última, o Paraná ficou com a liderança nacional no Ensino Médio.

Além disso, o Governo do Estado também terá um novo programa, o Escola Solar, que vai destinar R$ 6 milhões para a instalação de usinas fotovoltaicas nos colégios estaduais, atendendo 20 unidades nesta primeira etapa. Dividido em dois lotes, o edital de licitação deve ser publicado no dia 18 de agosto pela Paranaeducação, vinculada à Secretária de Estado da Educação (Seed), para selecionar as empresas que vão executar as obras.

Ratinho Junior destacou que, graças ao trabalho dos profissionais de educação e a uma série de iniciativas do Governo do Estado, o Paraná avançou muito no resultado do Ideb. “Passamos do sétimo para o primeiro lugar no Ideb do Ensino Médio e também estamos entre os primeiros no Ensino Fundamental, mas queremos avançar cada vez mais nos próximos anos”, disse.

“Esse avanço é resultado das iniciativas que implantamos na nossa gestão, como o Prova Paraná, que avalia constantemente nossos alunos, novas tecnologias em sala de aula, ampliação do ensino integral e implantação do modelo cívico-militar”, ressaltou o governador. “Mas é também fruto do trabalho de cada profissional, dos diretores, professores, merendeiras, que fazem da educação do Paraná a melhor do Brasil”.

O projeto de lei com todas as informações sobre a iniciativa está sendo elaborado pelo Poder Executivo e deve ser enviado à Assembleia Legislativa até outubro. A Seed estipula um orçamento de R$ 140 milhões para o pagamento do bônus. A rede estadual do Paraná conta com 2.104 escolas, com mais de 920 mil estudantes matriculados. São 92.450 servidores na Secretaria da Educação, entre efetivos, cargos em comissão sem vínculo e temporários.

“É uma maneira de incentivar e também valorizar os profissionais de educação do Estado, que são os grandes responsáveis por esse momento”, afirmou Roni Miranda. “Cada escola terá uma meta individual para atingir na avaliação do Ideb. Naquela que chegar ou ultrapassar esse resultado, todos os profissionais, sem exceção, vão receber o bônus. Queremos reconhecer e valorizar o trabalho dos profissionais de educação do Paraná”.

ESCOLA SOLAR – O programa de eficiência enérgica da Secretaria da Educação tem o objetivo de equipar as escolas estaduais com energia renovável, adotando a tecnologia de usinas fotovoltaicas para a produção de energia. As primeiras 20 instituições de ensino foram selecionadas de acordo com a incidência solar na região onde estão e também com o nível de consumo de cada uma. As usinas fotovoltaicas terão potência instalada de 75 quilowatts.

Com a implantação das placas solares nos telhados, as escolas vão poder suprir suas necessidades de consumo e também disponibilizar o eventual excedente para a rede, podendo compensar na conta de energia. O projeto alia a economia de recursos com energia elétrica à sustentabilidade nas instituições de ensino da rede estadual, além de também ter um caráter pedagógico, ensinando aos alunos aspectos de sustentabilidade.

Confira AQUI as escolas que serão contempladas na primeira fase.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Inaugurado primeiro frigorífico de coelhos do Planalto Norte Catarinense

O Planalto Norte saiu na frente e nesta sexta-feira, 12, inaugurou o primeiro frigorífico de coelhos do Estado com registro no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) emitido pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). O Frigorífico da Associação dos Pequenos Agricultores Ecológicos e Orgânicos (Apaeco) fica na Colônia […]

Está chegando a 3ª Caminhada Intermunicipal “Caminho da Erva Mate”

A caminhada acontece entre União da Vitória e Porto Vitória Uma caminhada que reúne o que há de mais bonito e aprazível: O ambiente preservado de uma floresta, o rio Iguaçu, a força econômica da erva-mate que se revigora distribuindo riqueza e o Parque Histórico Iguassu, local icônico onde acontecerá a largada. A equipe organizadora […]

Associação Arte do Porto entrega nesta quinta o Troféu Valor Cultural

O prêmio é um reconhecimento ao excelente trabalho dos artesãos do município, que batalham pela manutenção de técnicas manuais e étnicas Na noite desta próxima quinta-feira, 18 de abril de 2024, as 19h30min, acontece na Sala de Eventos do Armazém 1, na Estação União em frente à Praça Hercílio Luz, a entrega do Troféu Valor […]