Governo do Estado e Celesc impulsionam crescimento fotovoltaico em SC com três novas usinas solares » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Governo do Estado e Celesc impulsionam crescimento fotovoltaico em SC com três novas usinas solares


25 de agosto de 2023

Usinas irão adicionar 5,0 MW à capacidade instalada de geração de energia do estado catarinense. Todos os projetos serão executados pela Empresa Quantum

Fotos: Divulgação/Celesc

Santa Catarina está experimentando um crescimento notável no setor fotovoltaico, consolidando seu papel como um dos estados líderes na transição para uma matriz energética mais sustentável e limpa. Esse progresso é evidenciado pelo investimento significativo em Usinas Solares Fotovoltaicas (UFVs) e pela parceria estratégica entre empresas locais do Estado.

Fortalecendo seu protagonismo nesta direção, a Celesc realizou, nesta quarta-feira, dia 23 de agosto, a emissão de ordem de serviço para implantação de três novas Usinas Solares Fotovoltaicas, a UFV Capivari, a UFV Videira e a UFV Lages II.

A UFV Capivari terá capacidade instalada de 3,0 MW e será implantada junto à SE Capivari da Celesc Distribuição. A UFV Videira terá capacidade de 1,0 MW e será implantada junto à área da futura nova Agência Regional de Videira, e a UFV Lages II será implantada junto à UFV Lages I, anexo à Agência Regional de Lages.

Com um investimento total de cerca de R$ 22 milhões, essas usinas irão adicionar 5 MW à capacidade instalada de geração de energia do Estado. O prazo das obras é estimado em 300 (trezentos) dias. Todos os projetos serão executados pela Empresa Quantum, vencedora dos três lotes do processo licitatório realizado em maio deste ano.

“Santa Catarina segue sendo um dos Estados mais competitivos do Brasil, se desenvolvendo, gerando emprego e renda, e respeitando o meio ambiente. Somos líderes nesta transição energética em função de projetos como este da Celesc, que aposta em uma matriz energética mais sustentável e limpa. Parabéns à companhia pela iniciativa de investir nesta energia renovável”, destaca o governador Jorginho Mello. 

Para Tarcísio Rosa, presidente da Celesc, com visão estratégica de expansão, o parque fotovoltaico desempenha um papel crucial, juntamente com os planos de ampliação na geração hidrelétrica. “O fotovoltaico é a energia da vez e nós temos que participar também desse jogo. É muito satisfatório para nós podermos assinar um termo desse – Capivari, Lages e Videira – ampliando e nos associando a tantos outros já produtores de energia fotovoltaica. Isso nos dá maior flexibilidade, maior quantidade de energia para oferecer aos catarinenses”, frisa o presidente. 

Já o diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios, Elói Hoffelder, explica que este investimento é uma prerrogativa do Planejamento Estratégico da Companhia. “O Grupo Celesc tem em seu foco estratégico a obtenção de receitas por meio de novos negócios, sendo que essas novas usinas solares são fruto do Plano de Negócio em Geração Distribuída. Além disso, fortalecemos a agenda ESG da Companhia, garantindo ao Estado Catarinense o crescimento econômico por meio de energia renovável e de baixo impacto ambiental”, ressalta ele, que aproveitou para parabenizar toda a equipe de Geração da Celesc. “Temos um time de alto nível engajado nesta missão, tão importante para o desenvolvimento sustentável do Estado”, complementa.

Gilberto Vieira Filho, diretor presidente da Quantum Engenharia, destaca que a geração da energia solar proporcionou uma verdadeira revolução em termos energéticos em todo o mundo. “Vindo do Sol, que é uma fonte infinita e limpa, a energia solar é ambientalmente correta e proporciona economia a todas as pessoas. Para nós da Quantum Engenharia é uma honra estarmos lado a lado com a Celesc”, comenta.

Modelo de negócio inédito com locação para consumidores

As usinas enquadram-se no formato de mini geração distribuída, modelo de negócio inédito pela Celesc, que prevê a locação da usina para consumidores de médio porte.

Nesse modelo, a Celesc continuará responsável pela manutenção e operação da usina solar fotovoltaica, enquanto o consumidor que alugá-la poderá receber os créditos pela energia gerada, conforme o sistema de compensação de energia previsto pela Resolução 482 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica.

O investimento possui grande importância para a expansão do parque gerador da Companhia, com foco na energia limpa e renovável.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


CBF anuncia que jogos do Brasileiro retornam no dia 1º de junho

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou na noite desta terça-feira (21) a data de retomada das partidas da Série A do Campeonato Brasileiro de futebol masculino, que foi interrompido por causa das consequências das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde o dia 26 de abril. A competição será reiniciada no dia […]

Viatura blindada do Batalhão de Porto União abre caminhos no RS

A viatura blindada especial de engenharia do 5° Batalhão de Engenharia e Combate Blindado está sendo uma grande ajuda para as famílias do Rio Grande do Sul. A viatura está realizando a desobstrução de muitas vias no Vale do Taquari e ampliando as possibilidades de locomoção da população afetada pela catástrofe no estado gaúcho. O […]

Pavimentação em Matos Costa

Na tarde de terça-feira, 21, foi assinada e entregue a ordem de serviço para a empresa ENGEMASS ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA, tendo como objeto a execução de terraplenagem, drenagem pluvial e pavimentação asfáltica, meio fio e sinalização, na Rua Tereza Cristina, trecho1 e 2, uma área de 1.770 metros quadrados, entre a Rodoviária de Matos […]