Grupo de apoio orienta e apoia pais no processo da adoção de filhos » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Grupo de apoio orienta e apoia pais no processo da adoção de filhos


25 de maio de 2021

Imagem: Assessoria da Vara da Família/CEJUSC


O Dia Nacional da Adoção é celebrado nesta terça-feira (25/05), sendo instituído no Brasil por Lei em 2002. A data é um chamado à conscientização e à reflexão sobre a importância de adotar, bem como, o processo de busca por crianças e adolescentes e o apoio da Justiça para oficializar esta iniciativa. Em União da Vitória e Porto União existe um grupo de apoio para auxiliar interessados em adotar.
 
“É muito importante que este tema seja debatido dentro do grupo de forma livre, em encontros periódicos, para que todos amadureçam a ideia de adotar. Também para que possam conhecer peculiaridades e necessidades relativas à adoção, como o tempo de espera, ainda para que conheçam e possam se preparar para as dificuldades que surgem no caminho de adotar”, observa o juiz Carlos Mattioli que responde pela Vara da Família, Infância e Juventude da Comarca de União da Vitória.
 
A servidora da Vara da Família, Gislaine Catarina Olbertz, explica que as ações neste campo seguem em duas linhas. Para interessados em adotar o caminho é procurar a Vara da Família e verificar a documentação e o procedimento legal para iniciar o processo via Banco Nacional de Adoção – como pretendente. Por outro lado, existe a promoção de encontros mensais do projeto “Grupo de Apoio à Adoção”. Essa iniciativa é coordenada pela psicóloga Angélica Berres que inclusive foi estagiária da Vara da Família, durante sua formação acadêmica.
 
Nos encontros mensais, o Grupo de Apoio à Adoção convida profissionais e pais com experiências em adoção. “A ideia da participação dos convidados é contribuir com suas experiências e conhecimentos que, em conjunto com os profissionais permanentes do grupo, provocam bons debates sobre à adoção e ajudam a sanar dúvidas dos interessados”, explica Angélica Berres. Tanto quem já adotou quanto quem pretende têm nestes encontros elementos de aprendizado sobre o processo em si, e demais peculiaridades.
 
O foco central é “propiciar apoio psicológico a pais adotivos e a pessoas que pretendem adotar. Ademais, o projeto constitui-se como um espaço para compartilhar as experiências e situações entre os envolvidos no processo de adoção e apresentar às famílias novas estratégias de intervenções”, segundo a integrante. As ações envolvem as Varas da Família de União da Vitória e Porto União e visam conscientizar sobre todos os aspectos anteriores e posteriores à adoção em si.
 
Também, o grupo presta auxílio na organização de eventos em parceria com o Ministério Público e Vara da Infância (Páscoa, Dia das Crianças e Natal). Atuando, ainda, como facilitador junto aos pretendentes em adotar e pais adotivos. Angélica observa que o interesse por adoção de crianças um pouco maiores e até adolescentes, e grupo de irmãos, é resultado deste trabalho realizado. Sobretudo, quando este processo alcança o sucesso evita possíveis devoluções de menores.
 
A iniciativa nasceu a partir de debates e questionamentos levantados na mesa redonda “Psicologia e adoção” – realizada durante a Semana Acadêmica de Psicologia da UnC, em novembro de 2015, conforme a coordenadora. Angélica Berres afirma que neste evento ficou clara a importância de constituir o grupo de apoio à adoção, criado em resposta ao apelo do debate acadêmico e que passou a realizar seus encontros em setembro de 2016.
 
Nesses quase cinco anos, o grupo se ampliou, conforme Angélica, “devido à busca constante das participações de pais, pretendentes, profissionais e pessoas interessadas na adoção. Atualmente, o grupo recebe apoio da Associação Nacional de Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD) e tem conquistado uma importante consolidação na região”. Interessados podem procurar diretamente pelo grupo no Facebook (Grupo de Apoio à Adoção Gêmeas do Iguaçu) ou nas redes sociais da Vara da Família ou CEJUSC.
 
Texto: Assessoria da Vara da Família/CEJUSC

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Impacto da pandemia reduziu salários em 2020, aponta IBGE

O primeiro ano da pandemia fez os salários pagos pelas empresas brasileiras cair em 2020, de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgados no mês de junho. A média mensal paga foi de R$ 3.043,81, que representa uma redução de 3% em valores reais na comparação com 2019. O […]

Polícia Militar de Porto União desencadeia Operação Narcos

Na noite dessa sexta-feira, 30, a Policia Militar de Porto União realizou a Operação Narcos Brasil. Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), a operação está sendo realizada em todas as unidades da federação. O objetivo é realizar ações preventivas, ostensivas e repressivas de combate ao tráfico de drogas por meio de abordagens, […]

TSE: doações por Pix para campanhas serão apenas com CPF como chave

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou ontem (1º) que somente pessoas físicas que cadastrarem o CPF como chave Pix podem fazer doações para campanhas eleitorais nas eleições de outubro.  Em maio, o tribunal autorizou as doações por meio do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central. O caso foi decidido a partir de uma consulta feita pelo […]