Holandês pode ser pai de 550 filhos após doar sêmen excessivamente » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Holandês pode ser pai de 550 filhos após doar sêmen excessivamente


31 de março de 2023

Foto: Reprodução/Youtube

O holandês Jonathan Jacob Meijer pode ser pai de cerca de 550 crianças após exceder o limite de doações de sêmen, de acordo com a organização Donor Child Foundation. O homem, de 41 anos e natural de Haia, na Holanda, está sendo processado pela entidade e por uma das mães dos filhos.

As duas partes que entraram com um processo contra Meijer querem que ele seja proibido de doar sêmen por um período de tempo e também pedem que os estoques já doados e que não estejam reservados sejam destruídos. As informações são do portal UOL.

O processo que indiciou Meijer o acusa de ter feito “doações de esperma obsessivas”, além de ter ultrapassado o limite permitido por lei, resultando assim em mais de 500 paternidades possíveis decorrentes do uso de seu sêmen doado.

O homem também é acusado de ter enganado mulheres pelo mundo ao esconder o fato de que já era pai de outras crianças.

A primeira vez em que o caso de Meijer veio à tona foi em 2017 após uma notificação da Sociedade Holandesa de Obstetrícia e Ginecologia alertar que ele já era pai de mais de 100 crianças, a partir de fertilizações realizadam em dez clínicas pela Holanda.

O aviso fez com que Meijer, que é músico, começasse a doar sêmen fora de seu país natal. Países como a Dinamarca e a Ucrânia foram os procurados pelo doador, que encontrava destinos para o esperma por meio da internet. 

Várias mulheres já deram declarações sobre as ações de Meijer e seus desejos de que ele parasse de fornecer sêmen pelo mundo. A representante da Donor Child Foundation, Ties van der Meer, disse a um jornal holandês que algumas mães pediram que ele não vendesse mais o esperma, mas não obtiveram resposta.

Na Holanda, as regras das clínicas de fertilização e de doação de esperma estabelecem que o número máximo de crianças por doador é de 25. Além dos efeitos psicológicos nas crianças que venham a nascer, ainda existe o perigo biológico de relacionamentos entre pessoas que não saibam que são parentes, alertou Van der Meer.

Há dois anos, em 2021, o “megadoador” se pronunciou sobre o caso em declaração para o jornal The New York Times. “As pessoas são rápidas em me julgar ou pensam que doo por motivos narcisistas. O que me motiva como doador é apenas fazer algo realmente grande com apenas uma pequena ajuda, (…) os sentimentos e lembranças calorosas que compartilho com as crianças e os destinatários”, afirmou.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


PL declara utilidade pública a Associação Futuro Craque

Na noite de ontem foi aprovado em segunda discussão, em unanimidade, na Câmara de Vereadores de União da Vitória o Projeto de Lei 10/2024, que declara de utilidade pública a Associação Esportiva Futuro Craque. O Projeto é de autoria do Vereador Cordovan Frederico de Melo Neto (PSB), nome conhecido não só como incentivador do esporte […]

IAT apresenta ao setor produtivo adequações na regulamentação da suinocultura no Paraná

Após uma série de estudos internos, o Instituto Água e Terra (IAT) finalizou o texto de revisão da Resolução Sedest nº 15/2020, que regulamenta a atividade de suinocultura no Paraná. A proposta será apresentada ao setor produtivo e entidades ligadas ao agronegócio nesta terça e quarta-feira (18 e 19) durante evento na sede do Sindicato Rural de […]

Governo e Mallet assinam cooperação para construir nova ponte em via municipal

A secretaria estadual de Infraestrutura e Logística (SEIL) firmou uma cooperação com o município de Mallet, região Centro-Sul, para fornecer peças pré-moldadas de concreto que serão utilizadas na construção de uma nova ponte sobre o Rio Braço Potinga. A estrutura vai ficar na rodovia municipal MLL-406, ligando a Comunidade Lajeado de Baixo com a Colônia […]