Iniciativa pioneira de SC é utilizada pelo Ministério da Saúde para publicação de portaria » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Iniciativa pioneira de SC é utilizada pelo Ministério da Saúde para publicação de portaria


23 de junho de 2023

Foto: Secom

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), criou um dispositivo de habilitação estadual, possibilitando o aumento do número de prestadores de serviços de alta e média complexidade. A partir dessa inovação de Santa Catarina, o Ministério da Saúde publicou, nesta quinta-feira, a portaria nº 516, flexibilizando para todos os estados as habilitações sem comprometer a qualidade dos serviços. A iniciativa pioneira é uma das diversas estratégias que têm sido desenvolvidas e apresentadas em Brasília, no Ministério da Saúde, pela secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, para a ampliação das cirurgias eletivas.

Com a nova portaria, que promove o reconhecimento pelo Ministério da Saúde dos procedimentos realizados pelas unidades, a expectativa é que outras unidades hospitalares busquem as habilitações. Isso se reverterá em uma maior oferta de serviços para a população.

“Criamos um sistema que nos possibilitou, de imediato, ampliar a nossa rede de atendimento, habilitando unidades em ortopedia e cardiologia. O que implantamos aqui agora está sendo aberto para todos os Estados brasileiros. Essa é uma solicitação que foi realizada ainda em fevereiro. É um ganho enorme para o Estado e para a população de Santa Catarina”, afirma a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

No caso da ortopedia, especialidade que compõe o maior número de pacientes em fila de espera por cirurgia eletiva, Santa Catarina passa agora de 18 para 27 unidades com capacidade para realizar procedimentos de alta complexidade.

Já em cardiologia, o Estado passa de 15 para 17 unidades habilitadas, havendo uma ampliação da autorização de procedimentos a serem realizados em três delas.

Habilitação de Alta Complexidade em Cardiologia:

  • Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul
  • Hospital São Vicente de Paulo, em Mafra
  • Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville
  • Hospital São José, em Jaraguá do Sul
  • Hospital Azambuja, em Brusque

Habilitação de Alta Complexidade em Ortopedia:

  • Hospital Dom Joaquim, em Sombrio
  • Hospital Salvatoriano Divino Salvador, em Videira
  • Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul
  • Hospital Beatriz Ramos, em Indaial
  • Hospital Bethesda, em Joinville
  • Hospital Pequeno Anjo, em Itajaí
  • Hospital Oase, em Timbó
  • Hospital Regional de Araranguá, em Araranguá
  • Hospital São Braz, em Porto União

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Beneficiários do INSS começam a receber o 13º a partir de quarta-feira

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a primeira metade da parcela do 13º salário, a partir desta quarta-feira (24). Em geral, a primeira parcela do abono anual, também conhecido como 13º dos beneficiários da Previdência Social, ocorre em agosto de cada ano. No mês passado, o governo […]

Nova feira dos produtores rurais em União da Vitória promete surpreender

A feira contará com uma ampla gama de comodidades, incluindo uma cobertura de policarbonato em estrutura metálica, barracas externas com toldo e calçadas União da Vitória está prestes a receber uma adição marcante, com Nova Feira dos Produtores Rurais. Esta iniciativa, que está sendo realizada pela Prefeitura com investimento federal através de emenda do Deputado […]

Transformação digital: novo sistema comercial da Celesc disponibilizará mais de 80 serviços online

Migração vai acontecer no fim deste mês, quando o atendimento funcionará de forma parcial por três dias úteis A partir de 07 de maio, os mais de 3,5 milhões de clientes da Celesc terão acesso a todos os serviços da distribuidora de forma mais ágil, prática e intuitiva, sem precisar sair de casa. Isto porque, […]