Maior safra de cebola dos últimos anos em SC deve resultar em recorde no valor de produção » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Maior safra de cebola dos últimos anos em SC deve resultar em recorde no valor de produção


7 de março de 2023

SC colheu 551 mil toneladas de cebola na safra 2022/23 – Foto: Aires Mariga/Epagri/ND

A safra de cebola, em Santa Catarina, está em fase de comercialização e com boas notícias para os agricultores. A produção da safra 2022/23 chegou a 551 mil toneladas da hortaliça, a maior dos últimos seis anos. Com os bons preços recebidos em comparação com a última safra, a expectativa é que o valor total da produção supere R$ 1 bilhão, o que é um recorde para o Estado.

Um dos motivos da boa safra foi a produtividade, que superou 31 mil quilos por hectare, a melhor desde 2012/13. Para efeito de comparação, a produtividade da safra 2021/2022 foi de aproximadamente 28 mil quilos por hectare. Conforme dados disponíveis no Observatório Agro Catarinense, a área plantada, na safra atual, foi de 17,6 mil hectares, ante 17,5 na safra anterior. Ou seja, enquanto a área plantada aumentou cerca de 0,6%, a produtividade avançou aproximadamente 11%.  

Condições climáticas

Conforme Jurandi, a boa produção foi alcançada, especialmente, devido aos aspectos climáticos favoráveis. Ele explica que, apesar de um problema de baixas temperaturas na segunda quinzena de outubro e primeira quinzena de novembro, a partir da metade daquele mês e até o final do ciclo da cultura as temperaturas foram elevadas e com muito sol. “Isso permitiu que a produção se desenvolvesse muito bem, formando bulbos de maior calibre e boa sanidade, qualidades que agradam o mercado e os consumidores”, diz o analista.

Preço

A colheita da safra 2022/23 foi concluída em janeiro e os resultados mantiveram Santa Catarina na posição de maior produtor brasileiro da hortaliça. “Esta safra só não foi maior que a de 2016/17, quando nós produzimos, praticamente 600 mil toneladas”, conta Jurandi. 

Sobre os preços, ele afirma que no final de outubro e começo de novembro os produtores chegaram a vender cebola por mais de um dólar o quilo, o que é um valor bem acima do registrado na mesma época nas duas safras anteriores. “Com o passar dos meses, com a oferta maior da safra catarinense no mercado, o valor foi se adequando a patamares mais equilibrados entre oferta e procura, havendo redução de preços. De qualquer forma, nos meses de janeiro, fevereiro e início de março sempre estiveram acima do custo de produção estimado para Santa Catarina. Então, no conjunto, nós temos uma situação muito positiva para o produtor”, explica Jurandi.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Vacas invadem casa de fazendeiro e descansam em sofá; veja vídeo

Os animais conseguiram entrar na casa, fechar a porta e até mesmo acender a luz da sala, segundo o fazendeiro publicou nas redes sociais. Confira o registro Michael Andrew foi surpreendido ao chegar em sua residência, em Redruth, na Inglaterra, durante a semana passada. Ao abrir a porta, o jovem de 19 anos reparou que […]

União da Vitória recebe The Big Circus um dos maiores circos do Brasil em Março

Globo da morte e o Mundo dos Dinossauros prometem encantar o público de União da Vitória e Porto União Em Março, dia 01, às 20h30, o The Big Circus estreia pela primeira vez em União da Vitória, no campo do São Bernardo Futebol Clube (Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto) com uma atração especial: o […]

Cientistas criam “arroz de carne” para combater fome e desnutrição

A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com células de boi em laboratório Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram um novo tipo de alimento que pode ser uma solução para a fome e a desnutrição no mundo: o “arroz de carne”. A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com […]