Rádio Colmeia Porto União é destaque nacional segundo pesquisa da FIRJAN » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Porto União é destaque nacional segundo pesquisa da FIRJAN


14 de novembro de 2019

Foto: Comunicação Prefeitura de Porto União

Com base na pesquisa publicada pela FIRJAN (SENAI, SESI, IEL e CIRJ), Porto União está em primeiro lugar em nível nacional nas categorias “autonomia” e “liquidez”.

A pesquisa envolveu 5.337 municípios que tiveram suas contas analisadas segundo quatro indicadores, sendo eles: autonomia, gastos com pessoal, liquidez e investimentos. Cada um recebeu uma avaliação segundo os pontos marcados, sendo: crítico para os casos mais graves, dificuldade para os casos que merecem atenção, boa gestão e nível excelência para as melhores notas.

Na prática, o índice da autonomia representa a capacidade que o município tem de financiar sua própria existência. Segundo a pesquisa apresentada, 34,8% dos municípios não geram receita suficiente para a manutenção da própria estrutura administrativa. Porto União obteve nota máxima atingindo a classificação de excelência.

Outro índice em que Porto União se enquadra como primeiro colocado no ranking nacional é em relação à liquidez. Ou seja, a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os recursos em caixa disponíveis para cobri-los no ano seguinte. A mesma pesquisa aponta que 21% dos municípios analisados terminaram 2018 sem recursos em caixa para cobrir as despesas postergadas. Aqui novamente atingimos a pontuação máxima em nível excelência.

Outro motivo de comemoração é a melhoria dos índices referentes a gastos com pessoal. Por exemplo, em 2013 Porto União estava com índice classificado como crítico. Hoje nosso índice melhorou consideravelmente beirando a classificação de boa gestão. A pesquisa aponta que 49,4 % dos municípios analisados ainda estão em situação crítica.

No quesito investimentos, Porto União está perto de atingir a classificação de boa gestão quando 47% das cidades brasileiras estão em nível crítico, ou seja, não geram bem-estar à população e nem melhoram o ambiente de negócios. Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) abre o debate sobre a eficiência da gestão fiscal, trazendo como foco a administração dos recursos públicos pelas prefeituras.

A lei:

Conforme estabelecido pelo Artigo 51 da Lei de Responsabilidade Fiscal (2000), os municípios devem encaminhar suas contas para a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) até o dia 30 de abril do ano seguinte ao exercício de referência, a partir de quando o órgão dispõe de 60 dias para disponibilizá-las ao público, por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi). O Siconfi é a principal fonte de dados sobre as administrações públicas municipais e estaduais. Por isso, foi utilizado como referência para o cálculo do IFGF que analisa as contas dos municípios.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Jovem de 18 anos morador de General Carneiro está desaparecido

O jovem de 18 anos, morador de General Carneiro, João Carlos Major, está desaparecido há uma semana. De acordo com informações, o rapaz é deficiente auditivo e não se comunica bem utilizando libras. João foi visto pela última vez na BR 476, sentido Lapa. Qualquer informação pode ser repassada no 190 a Polícia Militar.

Cruz Machado confirma 15 novos casos e três recuperados da Covid-19

Nesta quarta-feira, 3, o município de Cruz Machado registrou 15 novos casos de Covid-19 e três pacientes recuperados. As informações foram divulgadas por meio do boletim epidemiológico emitido pela secretaria de Saúde. Agora a cidade tem um total de 335 casos confirmados. Destes, 271 estão recuperados, 61 seguem ativos com cinco pacientes internados na enfermaria, […]

Compra de vacinas e descontos em Tributos são discutidos entre prefeito e vereadores em UVA

Vereadores de União da Vitória estiveram presentes na Prefeitura Municipal de União da Vitória solicitando e discutindo algumas ações concretas em relação ao decreto estadual que priva alguns comerciantes de abrirem seus negócios. Entre as propostas solicitadas e discutidas com o prefeito Bachir Abbas e seus secretários se destacam: Aquisição das vacinas através de consórcio. […]