Postos de combustíveis em União da Vitória devem apresentar preços diariamente aos consumidores » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Postos de combustíveis em União da Vitória devem apresentar preços diariamente aos consumidores


8 de julho de 2022

Ilustrativa/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Procon de União da Vitória notificou na tarde de quarta-feira, 06, os 12 postos de combustíveis que operam no município, referente a Recomendação Administrativa nº 04/2022, expedida em parceria com o Procon Estadual, para que apresentem aos consumidores de forma clara, objetiva e diária, as informações sobre os preços praticados na venda de todos os combustíveis, após a entrada em vigor das Leis Complementares 192 e 194/2022.

“De acordo com esta medida, os postos de combustíveis em União da Vitória devem apresentar diariamente, em local de fácil e imediato acesso aos consumidores, as informações sobre os preços de todos os combustíveis colocados à venda, de forma a demonstrar a evolução do repasse efetivo da redução da carga tributária no preço final destes produtos. Assim, a população terá assegurado o seu direito a informação, tendo condições de comparar os preços praticados anteriormente e ampliar a visibilidade do impacto desta medida de redução da alíquota do ICMS da gasolina, que no Paraná era de 29% e passou para 18%. Também reforçamos a orientação para que os consumidores solicitem sempre a emissão de nota fiscal da compra de qualquer um dos combustíveis”, destacou Micheli Oaniéski Viganó, coordenadora do Procon Municipal.

O descumprimento desta medida pelos postos acarretará a instauração de procedimento administrativo com a adoção de medidas cabíveis juntamente com o Ministério Público Estadual.

Outra determinação que também entrou em vigor na data de 07/07/2022, por meio de publicação no Diário Oficial da União, foi o Decreto Federal nº 11.121, que também obriga os postos de combustíveis a divulgar, de forma correta, clara, precisa, ostensiva e legível, os preços dos combustíveis que eram cobrados, no dia 22 de junho de 2022, de modo que se possa comparar com os preços praticados no momento da compra. Este decreto terá vigência até 31 de dezembro de 2022.

Todo o acompanhamento e as intervenções necessárias sobre este assunto permanecerão sendo realizadas constantemente pelo Procon e, ainda qualquer irregularidade pode e deve ser denunciada pelos cidadãos diretamente para o órgão.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Equipe de hospital realiza campanha de arrecadação para recém-nascido abandonado em Porto União

Após o episódio de abandono do recém-nascido ocorrido nesse domingo, 7, a equipe do Hospital São Braz está arrecadando doações de roupinhas, fraldas e itens de higiene para ajudar o menino. Quem puder e quiser ajudar de alguma forma pode entregar as doações diretamente na recepção do Pronto Socorro na Rua Frei Rogério, nº 579, […]

Alimentos ultraprocessados podem contribuir para perda cognitiva

Dificuldade de lembrar datas, fazer cálculos ou realizar tarefas básicas do dia a dia. As habilidades cognitivas geralmente diminuem à medida que a idade avança. Mas pesquisa feita por cientistas da Universidade de São Paulo (USP) mostra que a perda chega a ser 28% maior entre pessoas que consomem mais alimentos ultraprocessados. São alimentos que passaram […]

Colesterol alto é fator de risco para doenças cardiovasculares

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional RJ (SBD-RJ), Daniel Kendler, lembra, no Dia Nacional de Prevenção e Controle do Colesterol, comemorado hoje (8), que o excesso dessa gordura no organismo é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame. Cerca de 40% da população […]