Réplica do Avião do Capitão Kirk volta para a praça » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Réplica do Avião do Capitão Kirk volta para a praça


2 de janeiro de 2020

Foto Marciel Borges/ Rádio Colmeia

Após dois anos de um trabalho com muitos detalhes a Réplica do Avião do Capitão Ricardo Kirk, voltou ao seu local de destaque na manhã desta terça-feira, 31 de dezembro.

A Réplica do Avião foi colocado na praça que leva o nome do Capitão no ano de 2015, quando foi lembrado os 100 anos da morte de Ricardo. Depois de algum tempo devido ao fator climático a Réplica apresentou problemas na sua estrutura, sendo necessário a sua retirada do local e passar um amplo trabalho de recuperação e com material especial.

Para que todo o material fosse disponibilizado levou cerca de um ano e meio e ao todo mais de dois anos para se ter uma estrutura sólida.

O trabalho de recolocação da Réplica iniciou às 7h, sendo usado dois caminhões do 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado de Porto União, que às 7h30 já se colocaram na praça, tendo o início a montagem do charuto com as asas e às 12h, todo o trabalho foi concluído.

Durante a montagem na praça da Réplica a senhora Irene Winter, esteve no local, junto com o seu marido e lembrou do tempo que também esteve no comando de uma aeronave e destacou a felicidade de ver a Réplica do Avião do Capitão Ricardo Kirk, na praça. Confira:

 

 

 

Todo o trabalho de recuperação da Réplica foi feita pelo Grupo denominado Kirkianos, que foram os responsáveis pela criação do avião no ano de 2015, na inauguração da praça e agora reafirmaram o seu amor e respeito a história. O professor e historiador Aluízio Witiuk, falou do trabalho de recuperação e de todos que ajudaram. Confira:

 

 

O acidente que vitimou o Capitão Ricardo Kirk, ocorreu no dia 1° de março de 1915, durante a Guerra do Contestado, quando o militar, sobreviva a região de General Carneiro, no Sul do Paraná, e o avião veio a perder altitude e caiu na região de Marco 5.

O corpo do Capitão Ricardo Kirk, foi enterrado em Porto União, e segundo informações no ano de 2015, quando foi inaugurado a praça a família levou os restos mortais para o Estado de São Paulo.

Foto Marciel Borges/ Rádio Colmeia

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Censo para implantação de ciclorrotas no Paraná fica disponível até amanhã

A Superintendência Geral do Esporte/SEED disponibiliza até essa sexta-feira, 30, o censo do Pedala Paraná, para que ciclistas possam preencher o formulário e os municípios possam aderir as ciclosrrotas. O Pedala Paraná é um programa da Superintendência Geral do Esporte/SEED que tem como finalidade a instalação de equipamentos ciclorrotas em parceria com os municípios, oferecendo […]

Simulado de acidente de trânsito será realizado neste sábado em frente à praça do Contestado

No dia 1º de outubro, será realizado um exercício simulado de Acidente de Trânsito, que vai acontecer na Rua Prudente de Morais próximo ao cruzamento da linha férrea divisa do município de Porto União com União da Vitória, em frente à praça do Contestado. Foi realizada uma reunião no dia 21 de setembro, com a […]

Carteira de Habilitação de Amador passa a ser em formato digital

A Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP) apresenta um novo formato para a Carteira de Habilitação de Amador (CHA): a digital! A Diretoria de Portos e Costas (DPC), em parceria com o SERPRO, a Secretaria de Governo Digital e o Ministério da Economia, disponibilizou para todos os cidadãos desde o dia 26 de setembro a […]