Senado aprova Lei Mariana Ferrer para proibir humilhações em audiências » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Senado aprova Lei Mariana Ferrer para proibir humilhações em audiências


30 de outubro de 2021

Senado aprovou nesta quarta-feira (27) um projeto que amplia a punição para quem constranger vítimas e testemunhas de crimes durante audiências e julgamentos. O texto, já aprovado pela Câmara, segue para sanção presidencial.

A proposta altera o Código Penal para aumentar a pena do crime de coação no curso do processo —quando uma pessoa usa de violência ou grave ameaça durante um processo judicial.

Atualmente, a pena para essa prática é de um a quatro anos de reclusão e multa. Se a proposta virar lei, a punição será maior e, caso a coação ocorra em processo sobre crime contra a dignidade sexual, poderá ser aumentada de um terço até a metade.

O projeto também determina que nas audiências e no julgamento — em especial quando são apurados crimes contra a dignidade sexual — promotores, advogados, juízes e demais participantes deverão “zelar pela integridade física e psicológica da vítima”. Caso contrário, poderão responder civil, penal e administrativamente.

O texto diz que, nessas audiências e no julgamento, está proibida:

  • a manifestação sobre fatos que não estejam no processo;
  • a utilização de linguagem, informações ou material que ofendam a dignidade da vítima ou de testemunhas.

A relatora do projeto no Senado, Simone Tebet (MDB-MS), lidera a bancada feminina do Senado. Segundo ela, a matéria “visa reprimir a chamada vitimização secundária” — dano psicológico causado à vítima por meio conduta de agentes do próprio Estado.

Mariana Ferrer

O projeto foi apresentado em novembro de 2020 após a repercussão nacional do caso da blogueira Mariana Ferrer, de Santa Catarina. A jovem acusa o empresário André de Camargo Aranha de tê-la estuprado em dezembro de 2018. Ele foi absolvido.

Durante uma audiência no processo, o advogado de defesa, Cláudio Gastão da Rosa Filho, exibiu fotos de Mariana Ferrer dizendo que eram imagens “ginecológicas” e afirmou que “jamais teria uma filha” do “nível” da blogueira.

**G1

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Morador de União da Vitória é vítima de estelionatários e tem quase R$ 15 mil retirados de conta no banco

Compareceu na sede do 27º Batalhão da Polícia Militar em União da Vitória nessa sexta-feira, 24, por volta das 14h55, um morador da área central, relatando que foi vítima de um golpe com cartões do banco. Disse que recebeu a ligação de uma pessoa que se identificou como funcionário do Banco do Brasil, onde tem […]

Avança licitação de obra para solucionar queda de rochas em União da Vitória

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou nesta quinta-feira (23) a sessão de abertura dos envelopes com documentos de habilitação da obra de estabilização de taludes em trecho da PRC-466 em União da Vitória. O local é conhecido como um ponto de queda de barreira, principalmente em períodos de chuvas, e atualmente […]

Aneel mantém bandeira tarifária verde para julho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira verde em julho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês. É o terceiro o anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, […]