Temporal com granizo e vento forte causa estragos no Planalto Norte Catarinense » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Temporal com granizo e vento forte causa estragos no Planalto Norte Catarinense


30 de maio de 2022

Imagens: Click Riomafra

Destruição. É assim que os moradores atingidos pelo intenso temporal que passou por municípios do Planalto Norte de Santa Catarina descrevem o resultado dos ventos fortes, da chuva e da queda de granizo que mudaram a paisagem na tarde de domingo (29).

Em Campo Alegre, fortes ventos destelharam casas e fábricas e derrubaram árvores, causando um grande prejuízo para os moradores. Tudo isso em menos de cinco minutos. Destelhadas, casas ficaram alagadas pela chuva.

De acordo com a Defesa Civil de Campo Alegre, lonas foram distribuídas nos bairros Bateias de Baixo, Bateias de Cima, Saltinho, Lavrinha e Queimados, mais afetados pelo temporal. Com a queda de árvores na fiação, moradores também ficaram sem energia elétrica.

“Tivemos bastante árvores caídas em residências e galpões, bastante destelhamentos. Na manhã de segunda, estamos formando uma força-tarefa com a Secretaria de Obras para fazer um levantamento”, diz André Stefanes, coordenador da Defesa Civil da cidade.

Em São Bento do Sul, município vizinho, também houve estragos pelo temporal. Na rua Reinaldo de Almeida Groth, um telhado foi arremessado sobre outras duas casas, causando vários danos aos imóveis.

Em Mafra, além da queda de árvores e destelhamentos em várias regiões, a torre de uma rádio com cerca de cem metros de altura foi derrubada, gerando estragos em várias casas atingidas. A intensa queda de granizo também mudou a paisagem nas ruas.

Torre de rádio em Mafra

“Fomos atingidos mais uma vez por uma forte chuva de granizo que pegou praticamente toda a nossa cidade. Já mobilizamos toda a equipe e nesta segunda vamos fazer um levantamento de estragos e ver a necessidade de fornecimento de telha para reconstrução das casas”, fala o Emerson Maas, prefeito de Mafra.

O coordenador da Defesa Civil da região de Canoinhas, Clodoaldo Ribas dos Santos, diz que o acúmulo de granizo foi grande, mas não chegou a causar tanto estrago quanto em outras situações recentes.

“Foi registrado granizo em Canoinhas em pouca quantidade e mais em Mafra, que teve grande quantidade de granizo acompanhado de ventos, o que fez com que houvesse destelhamento e prejuízo na área do comércio de alguns barracões. Mas nada que se compare a dezembro e fevereiro”, explica.

Nesta segunda-feira (30), a Defesa Civil das cidades, em parceria com as coordenações regionais, estão visitando as regiões afetadas e fazendo um balanço dos estragos em cada área.

**ND+

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Morador de União da Vitória é vítima de estelionatários e tem quase R$ 15 mil retirados de conta no banco

Compareceu na sede do 27º Batalhão da Polícia Militar em União da Vitória nessa sexta-feira, 24, por volta das 14h55, um morador da área central, relatando que foi vítima de um golpe com cartões do banco. Disse que recebeu a ligação de uma pessoa que se identificou como funcionário do Banco do Brasil, onde tem […]

Avança licitação de obra para solucionar queda de rochas em União da Vitória

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou nesta quinta-feira (23) a sessão de abertura dos envelopes com documentos de habilitação da obra de estabilização de taludes em trecho da PRC-466 em União da Vitória. O local é conhecido como um ponto de queda de barreira, principalmente em períodos de chuvas, e atualmente […]

Aneel mantém bandeira tarifária verde para julho

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manteve a bandeira verde em julho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Com a decisão, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês. É o terceiro o anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, […]