União da Vitória sediará os 29º Jocopar em 2023 » Rádio Colmeia

Escute a rádio

União da Vitória sediará os 29º Jocopar em 2023


17 de novembro de 2022

Fotos: Divulgação

A cidade de União da Vitória vai sediar a disputa dos 29º Jogos dos Contabilistas do Paraná (Jocopar), no segundo semestre de 2023. O anúncio foi feito pela Federação dos Contabilistas do Paraná (Fecopar) no encerramento da 28ª edição da competição poliesportiva, que aconteceu em Campo Mourão de 11 a 14 deste mês, em Campo Mourão.

Será a segunda vez que União da Vitória vai sediar o certame que reúne exclusivamente contabilistas e técnicos em contabilidade com registro no CRC PR. A primeira vez foi em 2007. A organização estará a cargo do Sindicato dos Contabilistas de União da Vitória e Região (Sindicounião), que tem em sua base territorial 14 municípios. A entidade, atualmente presidida por Márcio Rodrigo Iltchechen, nunca foi campeã geral do Jocopar, que começaram a ser disputados em 1993.

Trata-se da maior competição estadual de profissionais liberais realizada no país e 16 cidades sedes de sindicatos da categoria no Paraná já foram anfitriãs do certame. Nos 27 anos de disputa – em 2020 e 2021 não aconteceu em razão da pandemia de Covid-19 -, sete sindicatos foram campeões gerais.

União da Vitória

O Município de União da Vitória tem cerca de 60 mil habitantes e a cidade faz divisa com Porto União, no estado de Santa Catarina, através de uma linha férrea e também pelo Rio Iguaçu. O núcleo urbano composto pelas duas cidades, com aproximadamente 89 mil moradores, é também conhecido como as “Gêmeas do Iguaçu”.

No início do século passado, os trilhos da Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande cortaram a cidade e a extração madeireira ganhou impulso. Apesar do progresso que a ferrovia proporcionava a cidade, a região foi surpreendida pelos conflitos causados pela Guerra do Contestado, entre paranaenses e catarinenses, pela posse de uma região rica na extração de erva-mate e madeira que abrangia o atual meio-oeste catarinense e o sul e sudoeste paranaense.

União da Vitória também estava inserida no meio desses conflitos, quando tornou-se capital provisória do Estado das Missões, cujo território era a zona do Contestado. A criação deste estado solucionaria a questão de limites entre os dois estados, evitando que a região fosse anexada ao território catarinense.  Mas a ideia do Estado das Missões não vingou e, em 1916, com o acordo de limites entre os dois estados, a então Porto União da Vitória ficou dividida em duas, passando a parte pertencente ao Paraná a denominar-se União da Vitória, e a parte pertencente a Santa Catarina, Porto União, sendo que a linha férrea passou a dividir as duas cidades até hoje.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


STF aprova a “revisão da vida toda” pelo INSS

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou na tarde desta quinta-feira (1º) a análise da “revisão da vida toda” do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Onze ministros apresentaram seus votos, com placar de 6 a favor e 5 contra. Votaram a favor os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber e Marco […]

“Canoinhas não é terra de ladrão”, diz Juliana Maciel ao tomar posse como 1ª prefeita

Pela primeira vez na história, Canoinhas será comandada por uma mulher. Juliana Maciel Hoppe (PSDB) tomou posse na manhã desta quinta-feira, dia 1º, em sessão solene realizada na Câmara de Vereadores. “A minha postura enquanto política sempre foi de levar ao povo o melhor que tem dentro de mim, guiada sempre pelos passos de Deus, […]

Confira as vagas de emprego da Agência do Trabalhador de União da Vitória

Vagas de emprego estão disponíveis na Agência do Trabalhador de União da Vitória nesta sexta-feira, 02. Interessados em mais informações, podem procurar a agência com carteira de trabalho e número do Programa de Integração Social (PIS), das 8h às 14 horas. O atendimento aos trabalhadores, em relação a vagas e ao seguro desemprego, só serão […]