Youtuber é preso após simular assalto e mobilizar viaturas e helicóptero da PM em SC » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Youtuber é preso após simular assalto e mobilizar viaturas e helicóptero da PM em SC


20 de janeiro de 2023

Fotos: Divulgação/PMSC

Um youtuber, que simulou um assalto em via pública no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú, foi preso na tarde desta quarta-feira, 18. A simulação assustou moradores que, por acreditarem que um crime estava em andamento, acionaram a Polícia Militar pelo 190.

Conforme a ligação, homens estariam portando armas longas, do tipo fuzil, e teriam se fugido em uma camionete Ranger. Pela gravidade da ocorrência gerada, todas as viaturas e motocicletas policiais do 12° BPM e a aeronave da PMSC (helicóptero Águia 07) foram acionada para atender a ocorrência, dando início a uma grande operação de cerco na tentativa de localizar os bandidos.

Durante o deslocamento para o local da ocorrência as viaturas policiais cruzaram sinais vermelhos, trafegaram pela contramão e excederam o limite de velocidade. Outras ocorrências existentes no sistema, que aguardavam atendimento policial, foram deixadas em segundo plano, já que a gravidade do fato exigiu a mobilização de todos os policiais militares disponíveis.

Depois de pelo menos 30 minutos de buscas, com sobrevoo da aeronave pela região e também mobilização das equipes policiais de Itapema e Itajaí, que passaram a realizar barreiras na BR-101, para evitar possível fuga, foi possível encontrar a camionete estacionada numa residência, localizada na Rua Nova Iguaçu. Diante da presença de elementos que indicavam a situação flagrancial, as equipes policiais cercaram a casa e abordaram o morador.

Este relatou para a Polícia Militar que é youtuber e que estava apenas gravando um vídeo em via pública, de simulação de um assalto, para seu canal de Youtube, e que as armas usadas seriam do tipo airsoft. Disse ainda que não deu conhecimento e não possui qualquer autorização dos órgãos públicos competentes para gravar tais cenas em via pública.

Pessoas que caminhavam pela via, quando viram a simulação da cena de assalto em andamento, relataram que o youtuber ainda teria apontado uma arma, mandando ir embora, com voz e gestos.

Diante dos fatos, principalmente pelo atentado contra o funcionamento do serviço policial militar, ao provocar prejuízo ao atendimento de outras ocorrências e a atividade de policiamento ostensivo preventivo, a guarnição deu voz de prisão em flagrante para o youtuber de 28 anos, pelos crime do artigo 265 do Código Penal, e pelo crime de ameaça e pela contravenção penal de perturbação do trabalho ou sossego alheios, com penas que podem chegar a 5 anos de reclusão.

As airsofts e demais itens usados na gravação foram apreendidos. Nas filmadoras apreendidas há várias cenas das gravações feitas em simulação ao assalto.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Tempo será de sol nesta semana no Vale do Iguaçu

O tempo no Vale do Iguaçu segundo o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) indica que a semana será de tempo estável e sol com a máxima em 27ºC. De acordo com o site, essa terça-feira, 7, a máxima chega aos 26º C sem probabilidade de chuva. Na sexta há indicação de […]

Poupança tem retirada recorde de R$ 33,63 bi em janeiro

Mesmo voltando a render mais que a inflação, a aplicação financeira mais tradicional dos brasileiros enfrentar fuga recorde de recursos. Em janeiro, os brasileiros sacaram R$ 33,63 bilhões a mais do que depositaram na caderneta de poupança, informou ontem (6) o Banco Central (BC). A retirada líquida (saques menos depósitos) é a maior para todos […]

Lei que permite ensino domiciliar em SC é declarada inconstitucional

A Lei Complementar n. 775, de 3 de novembro de 2021, que altera a lei que dispõe sobre o Sistema Estadual de Educação para permitir a educação domiciliar – o chamado homeschooling – no Estado foi declarada inconstitucional, como sustentado o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). A decisão judicial pela inconstitucionalidade foi por unanimidade do Órgão […]