Dengue em SC: cuidados e prevenção devem continuar mesmo nas férias » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Dengue em SC: cuidados e prevenção devem continuar mesmo nas férias


10 de janeiro de 2024

Eliminar locais com água parada é a melhor maneira de prevenir as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti: dengue, chikungunya e Zika. Cuidados que precisam se estender ao longo de todo ano, permanecendo, inclusive, no período de férias, no qual as condições climáticas são muito favoráveis para a reprodução do mosquito. São essas ações, simples e rotineiras, que podem tornar o ano de 2024 mais tranquilo em relação às doenças. 

Até agora, o ano de 2023 foi o que mais registrou casos de dengue no estado. Foram 119.525 casos confirmados, com 98 óbitos. Esse dado é preliminar e ainda pode sofrer alterações. Entretanto, reforçam a importância do papel de cada um na prevenção da doença.

Os números absolutos são mais altos do que o registrado em 2022, quando foram confirmados 83.523 casos e 90 óbitos. Porém, a taxa de letalidade ficou menor em 2023 – quando analisamos os óbitos em relação aos casos com sinais de alarme e gravidade: 2,3%, contra 5,5% de 2022.

“O Governo do Estado intensificou as ações de prevenção durante o ano passado e apoiamos os municípios, ainda em dezembro repassamos R$ 5 milhões e ainda estão previstos mais R$ 5 milhões para o mês de fevereiro. Um pedido do nosso governador Jorginho Mello para evitarmos os casos graves da doença em parceria com os 295 municípios”, destaca a Secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.

Dados completos de 2022 aqui.

Dados preliminares de 2023 aqui.

Os dados de 2024 vão começar a ser divulgados a partir da semana que vem, nos informes epidemiológicos da Dive. “Ainda é muito cedo para já termos um cenário deste ano. O que fica de alerta para a população é que temos a presença do mosquito, disseminada pelo estado, e temos os vírus, especialmente da dengue e da chikungunya, circulando. Além disso, temos uma condição climática muito propícia para a reprodução do mosquito Aedes aegypti. Essa combinação mostra que é preciso manter semanalmente a vistoria nas casas, quintais e ambientes de trabalho. Precisamos eliminar os potenciais criadouros do mosquito, pois essa continua sendo a melhor estratégia de prevenção”, destaca o diretor de vigilância epidemiológica de SC, João Augusto Brancher Fuck. 

Dengue

Febre baixa a febre alta incapacitante (39° a 40°C) de início abrupto, associada à forte dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dores musculares, nas articulações e fraqueza. Esses são os principais sinais e sintomas da dengue. Manchas pelo corpo aparecem em metade dos casos, podendo atingir face, tronco, braços e pernas. Perda de apetite, náuseas e vômitos também podem estar presentes. A Secretaria de Estado da Saúde orienta que ao apresentar algum desses sinais e sintomas, deve-se procurar atendimento médico para evitar o agravamento do quadro.

A melhor maneira de prevenção às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti continua sendo eliminar locais com água parada:

– Evite que a água da chuva fique depositada e acumulada em recipientes como pneus, tampas de garrafas, latas e copos;
– Não acumule materiais descartáveis desnecessários e sem uso em terrenos baldios e pátios;
– Trate adequadamente a piscina com cloro. Se ela não estiver em uso, esvazie-a completamente sem deixar poças de água;
– Manter lagos e tanques limpos ou criar peixes que se alimentem de larvas;
– Lave com escova e sabão as vasilhas de água e comida de seus animais de estimação pelo menos uma vez por semana;
– Coloque areia nos pratinhos de plantas e remova duas vezes na semana a água acumulada em folhas de plantas;
– Mantenha as lixeiras tampadas, não acumule lixo/entulhos e guarde os pneus em lugar seco e coberto.

Para ajudar na organização da rotina para eliminar os criadouros clique aqui

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


União da Vitória recebe The Big Circus um dos maiores circos do Brasil em Março

Globo da morte e o Mundo dos Dinossauros prometem encantar o público de União da Vitória e Porto União Em Março, dia 01, às 20h30, o The Big Circus estreia pela primeira vez em União da Vitória, no campo do São Bernardo Futebol Clube (Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto) com uma atração especial: o […]

Cientistas criam “arroz de carne” para combater fome e desnutrição

A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com células de boi em laboratório Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram um novo tipo de alimento que pode ser uma solução para a fome e a desnutrição no mundo: o “arroz de carne”. A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com […]

Reconstrução da BR 476 em debate no Sul do Paraná

A reconstrução da BR 476 está em debate nessa semana. A rodovia está em condições ruins há muitos anos e diversos acidentes já foram contabilizados infelizmente. Você acompanha agora a entrevista com o Deputado Estadual Hussein Bakri, um dos representantes da região da Amsulpar, que fala sobre o que está sendo feito. O Deputado Federal […]