Governador do Paraná lança programa para capacitar municípios com metodologia que agiliza obras » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Governador do Paraná lança programa para capacitar municípios com metodologia que agiliza obras


21 de agosto de 2023

Governador Carlos Massa Ratinho Jr no lançamento da jornada BIM-Pr. Fotos:Ari Dias/AEN

Mais agilidade, transparência e eficiência no planejamento e na execução das obras públicas. Com o objetivo de difundir estas boas práticas por todos os municípios, o governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta segunda-feira (21), no Museu Oscar Niemeyer, a Jornada BIM Paraná. O programa vai promover uma caravana itinerante para capacitar técnicos das administrações municipais com a Modelagem da Informação da Construção (Building Information Modeling – BIM), metodologia que permite a criação de projetos a partir da simulação das obras e construção virtual.

O método BIM é usado para prever diferentes soluções para as obras a partir da fase de projeto e corrigir antecipadamente erros. Ele já é aplicado em todos os projetos e obras do Governo do Estado, inclusive nas universidades estaduais. Agora, o modelo será levado aos 399 municípios do Estado.

“A ideia é poder colaborar com as prefeituras aplicando esta metodologia para fazer creches, escolas, postos de saúde, obras viárias, enfim, qualquer tipo de obra. Isso dá transparência aos projetos, porque ele reduz a chance de erros, que poderiam acabar paralisando ou encarecendo uma obra. Então é um método que ajuda o gestor público e os técnicos”, afirmou o governador.

Pela metodologia BIM, os engenheiros, arquitetos e demais técnicos da administração pública podem fazer projeções das obras em 3D, simular o andamento das intervenções ao longo do tempo e orçar materiais com maior precisão, por exemplo. Também é possível aplicar a metodologia para a fiscalização dos contratos e para a manutenção dos equipamentos públicos, dando mais eficiência aos investimentos feitos em médio e longo prazo.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, o Paraná foi o primeiro estado do Brasil a adotar a metodologia BIM e a estendê-la em um programa estadual a todos os municípios. “O Paraná liderou todos os estados nesse processo. Vamos acompanhar as prefeituras para que todos os municípios do Paraná estejam também dentro desta modelagem. É algo inovador no País e que traz celeridade, probidade e moralidade a todas as obras públicas, que é o objetivo principal do Governo do Estado”, complementou.

JORNADA BIM – Para conseguir levar o método a todo o Estado, equipes da Secretaria de Infraestrutura e Logística farão uma caravana no segundo semestre de 2023 por todas as regiões do Paraná capacitando técnicos, engenheiro e arquitetos das prefeituras que são responsáveis por planejar, contratar e fiscalizar obras.

Nesta segunda-feira (21), mais de 50 prefeitos, vice-prefeitos e representantes municipais estiveram no lançamento do programa. “Isso é fundamental, porque municípios pequenos não têm como capacitar seus técnicos sem o apoio do Governo do Estado. Com muita tranquilidade, agora sabemos que todos os municípios terão acesso a isso”, afirmou o vice-presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre.

Na oportunidade, também foi oferecido o primeiro workshop da jornada, em parceria com a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), Associação dos Municípios do Litoral do Paraná (Amlipa) e Associação dos Municípios da Região Suleste do Paraná (Amsulep), para capacitar os técnicos das prefeituras da região.

A capacitação contou com orientações sobre elaboração de editais para contratação de projetos em BIM e sobre formulação de termos de referência para os projetos, entre outras atividades. Participaram das palestras o procurador Hamilton Bonatto; Diego de Lira Andrade, gerente executivo da Caixa Econômica Federal; a engenheira Civil Juliana Paiola da Silva, do Senai; e técnicos das Secretarias de Estado.

PRESENÇAS – Compareceram ao lançamento o secretário de Cidades, Eduardo Pimentel; o secretário de Planejamento, Guto Silva; o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros; o secretário de Inovação, Modernização e Transformação Digital, Marcelo Rangel; o secretário de Saúde, Beto Preto; o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona; o secretário de Segurança Pública, Hudson Teixeira; o secretário de Administração e Previdência, Elisandro Frigo; o secretário de Justiça e Cidadania, Santin Roveda; a controladora-geral do Estado, Luciana Carla da Silva de Azevedo; o presidente da Cohapar, Jorge Lange; o diretor-geral da Celepar, Gustavo Barbosa; o diretor-presidente da Amep, Gilson Santos; os deputados estaduais Fábio Oliveira, Nelson Justos, Goura, Márcia Huçulak, Soldado Adriano José e Luís Corti; e outras autoridades.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Polícia Militar de Porto União está arrecadando doces para o dia das crianças

A campanha Doe Doces para o dia das crianças foi iniciada pela Polícia Militar de Porto União, por meio de seu Setor de Apoio Humanitário, e segue até o dia 10 de outubro com o objetivo de levar alegria às crianças do município na época do natal. Os doces podem ser doados na sede da […]

Atletas de União da Vitória brilham no Open e Copa São José dos Pinhais

Os atletas de União da Vitória brilharam neste final de semana na Open e Copa São José dos Pinhas e trouxeram pra casa premiações em diferentes categorias. Confira as classificações e categorias 1 – Wlademiro Parastchuk Junior – 1° lugar Master D 2 – Emanuel Fazzini Parastchuk – 2° lugar – Sub 8 Kata 3 […]

Vereador pede suspensão de multas dos radares de União da Vitória

Requerimentos, indicações, utilização da palavra livre no pequeno expediente, entrevistas do Presidente Valdecir José Ratko, em que o Vereador solicita ao Executivo a atenção sobre o assunto “radar”, instalado em número significativo, e, segundo os representantes do povo, estão à desejar, apresentando diversos questionamentos, principalmente: ausência de sinalização devida e estrutura, velocidade inadequada, ausência de […]