Inaugurado primeiro frigorífico de coelhos do Planalto Norte Catarinense » Rádio Colmeia FM

Escute a rádio

Inaugurado primeiro frigorífico de coelhos do Planalto Norte Catarinense


16 de abril de 2024

Divulgação

O Planalto Norte saiu na frente e nesta sexta-feira, 12, inaugurou o primeiro frigorífico de coelhos do Estado com registro no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) emitido pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). O Frigorífico da Associação dos Pequenos Agricultores Ecológicos e Orgânicos (Apaeco) fica na Colônia Escada, interior de Irineópolis.

“Hoje temos 50 cunicultores que já criam coelhos – a meta é chegar a 300 até o fim do ano -, pois já recebemos o alvará de funcionamento dependendo agora só dá liberação do Sisbi por parte da Cidasc”, a ser emitido nos próximos dias, conta Ludgero Gonçalves, proprietário da Coelho Nobre, que vai comprar e comercializar os animais abatidos pela Apaeco. Somente neste mês de abril, 1,2 mil coelhos devem ser abatidos. A venda vai ser direcionada para todo o Brasil. “A primeira remessa de coelho congelado para esse mês de abril será de duas toneladas e meia. Pretendemos aumentar o abate a cada mês”, comemora Gonçalves.

O trabalho de preparação dos cunicultores foi de dois anos, com palestras e treinamentos. A Coelho Nobre Cunicultura Familiar Catarinense é que trouxe o projeto para Irineópolis. Gonçalves destaca o apoio da Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte) na montagem do frigorífico em um espaço desativado há mais de 20 anos.

Além de ter uma carne bastante palatável, o abate do coelho pode ocorrer em 90 dias a partir do nascimento do animal. O abate dos coelhos se dá por meio de impulsos elétricos que tiram a consciência do animal, facilitando e não causando sofrimento ao coelho durante o abate.

“Para mantermos o projeto vivo, até agora tivemos de levar umas 10 cargas para um frigorífico de São Paulo, pois se não tivéssemos esse escape não seria possível montar o projeto”, contou Gonçalves em fevereiro, quando o frigorífico recebeu licença ambiental, lembrando que “a criação de coelhos requer menos terra, água e ração em comparação com a pecuária tradicional, tornando-os uma opção de carne mais ecológica. Isso repercute nos brasileiros cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e o consumo consciente.”

CARNE DE COELHO

Enquanto carne bovina, frango e porco dominam as mesas brasileiras, a carne de coelho é uma proteína menos conhecida, mas está ganhando terreno. Frequentemente associada à culinária europeia, a produção de carne de coelho no Brasil está experimentando um aumento lento, mas constante, impulsionado por vários fatores.

A carne de coelho apresenta um perfil nutricional único, atraente para consumidores preocupados com a saúde. É conhecido por ser magra e com baixo teor de gordura, contendo níveis mais elevados de proteína e ferro em comparação com outras carnes. Isso o torna uma opção atraente para quem procura fontes alternativas de proteína ou tem restrições alimentares.

Apesar do seu potencial, a produção de carne de coelho no Brasil enfrenta desafios. O setor ainda é relativamente pequeno e a sensibilização dos consumidores continua baixa.

Especialistas acreditam, no entanto, que o futuro da carne de coelho no Brasil é promissor. O crescente interesse dos consumidores na saúde e na sustentabilidade, juntamente com iniciativas governamentais de apoio aos pequenos produtores, poderia alimentar a expansão da indústria.

Embora ainda não seja popular, a carne de coelho ocupa um lugar especial em algumas regiões brasileiras, especialmente no Sul. Aqui, pratos tradicionais como o coelho à cabidela e o coelho recheado são transmitidos de geração em geração, carregando significado cultural e patrimônio culinário.

**JMais

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


CBF anuncia que jogos do Brasileiro retornam no dia 1º de junho

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou na noite desta terça-feira (21) a data de retomada das partidas da Série A do Campeonato Brasileiro de futebol masculino, que foi interrompido por causa das consequências das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde o dia 26 de abril. A competição será reiniciada no dia […]

Viatura blindada do Batalhão de Porto União abre caminhos no RS

A viatura blindada especial de engenharia do 5° Batalhão de Engenharia e Combate Blindado está sendo uma grande ajuda para as famílias do Rio Grande do Sul. A viatura está realizando a desobstrução de muitas vias no Vale do Taquari e ampliando as possibilidades de locomoção da população afetada pela catástrofe no estado gaúcho. O […]

Pavimentação em Matos Costa

Na tarde de terça-feira, 21, foi assinada e entregue a ordem de serviço para a empresa ENGEMASS ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA, tendo como objeto a execução de terraplenagem, drenagem pluvial e pavimentação asfáltica, meio fio e sinalização, na Rua Tereza Cristina, trecho1 e 2, uma área de 1.770 metros quadrados, entre a Rodoviária de Matos […]