Incêndio no Ninho do Urubu completa 2 anos e vítimas são homenageadas » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Incêndio no Ninho do Urubu completa 2 anos e vítimas são homenageadas


8 de fevereiro de 2021

O incêndio no centro de treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, que matou dez adolescentes e deixou outros três feridos, completa dois anos hoje (8). Os atletas de base mortos tinham idades entre 14 e 16 anos.

Para homenagear os jovens, cobrar justiça e medidas preventivas que impeçam outras tragédias, o Coletivo Gazela Negra fez um ato nesta segunda-feira em frente ao centro de treinamento do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Ricardo Moraes/ Reuters

O grupo – formado por torcedores negros de todos o país – pede que o Flamengo não jogue mais nos aniversários da tragédia. O coletivo entende que o dia 8 de fevereiro deve ser reservado para homenagens e reflexão.

“Levamos uma faixa com os dizeres ‘pela memória dos garotos, sem jogos dia 8/021’. Também pintamos dez estrelas [no asfalto] em homenagem aos dez meninos para ficarem bem visíveis a todos que chegarem lá, jogadores, comissão técnica, diretoria. A intenção é não deixar esquecer jamais”, disse um dos integrantes do Coletivo Gazela Negra, Rodrigo Baptista.

A assessoria de imprensa do Flamengo informou que a decisão de não haver jogos do clube no dia 8 de fevereiro não depende do clube e acrescentou que o centro de treinamento está funcionando com toda a segurança possível após ter cumprido exigências.

Denúncia

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia do Ministério Público (MPRJ) sobre o incêndio no centro de treinamento do Flamengo e tornou réus os 11 denunciados, incluindo o então presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, no dia 20 de janeiro.

Na denúncia, o MPRJ lista diversas irregularidades cometidas pelos denunciados, como descumprimento de normas técnicas e desobediência a sanções administrativas impostas pelas autoridades.

O Ninho do Urubu era usado para treinamento das categorias de base do clube, mas não tinha alvará de funcionamento. No dia 8 fevereiro de 2019, os contêineres estruturados para dormitórios pegaram fogo.

A coordenadora cível da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, Patrícia Cardoso, disse que o órgão entrou com ação coletiva de indenização para as famílias dos rapazes mortos e os jovens que sobreviveram.

“Nessa ação coletiva, foi fixada de forma liminar uma pensão para as famílias e para os sobreviventes de R$ 10 mil. O Flamengo recorreu dessa decisão e, em dezembro passado, o Tribunal de Justiça cassou essa pensão. E nós já recorremos da decisão que cassou a pensão. Estamos aguardando o pronunciamento da Justiça não só sobre os danos individuais das famílias e dos sobreviventes como sobre os danos morais coletivos”, afirmou a defensora.

Versão do Flamengo

O Flamengo informou que já fez acordos de indenização com oito famílias e com o pai de um dos jogadores mortos. O clube ainda está em negociação com a mãe de um dos rapazes e com a família de mais um dos adolescentes mortos.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Censo para implantação de ciclorrotas no Paraná fica disponível até amanhã

A Superintendência Geral do Esporte/SEED disponibiliza até essa sexta-feira, 30, o censo do Pedala Paraná, para que ciclistas possam preencher o formulário e os municípios possam aderir as ciclosrrotas. O Pedala Paraná é um programa da Superintendência Geral do Esporte/SEED que tem como finalidade a instalação de equipamentos ciclorrotas em parceria com os municípios, oferecendo […]

Simulado de acidente de trânsito será realizado neste sábado em frente à praça do Contestado

No dia 1º de outubro, será realizado um exercício simulado de Acidente de Trânsito, que vai acontecer na Rua Prudente de Morais próximo ao cruzamento da linha férrea divisa do município de Porto União com União da Vitória, em frente à praça do Contestado. Foi realizada uma reunião no dia 21 de setembro, com a […]

Carteira de Habilitação de Amador passa a ser em formato digital

A Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP) apresenta um novo formato para a Carteira de Habilitação de Amador (CHA): a digital! A Diretoria de Portos e Costas (DPC), em parceria com o SERPRO, a Secretaria de Governo Digital e o Ministério da Economia, disponibilizou para todos os cidadãos desde o dia 26 de setembro a […]