Piso salarial da enfermagem foi o tema de sessão da Câmara de Vereadores de Porto União » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Piso salarial da enfermagem foi o tema de sessão da Câmara de Vereadores de Porto União


14 de setembro de 2022

A Câmara de Vereadores de Porto União realizou nesta segunda-feira, 12, a sua 28ª Sessão Ordinária sob a presidência do vereador Paulo Kovalski (PSDB).

Na Ordem do Dia foi discutido e votado o parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final sobre o veto total referente Projeto de Lei n° 014/2021, de autoria do Vereador Fernando Barulho (PSDB), que cria o Programa de Captação e Aproveitamento de Água de Chuva para fins não potáveis. O veto foi mantido pelo legislativo e o vereador proponente afirmou que irá adequar o projeto.

“O projeto está sendo vetado somente por razões de cunho técnico, então não há nenhuma ilegalidade no projeto. Conversando com os engenheiros da prefeitura e para ele ter uma execução integral da lei, para não acabar sendo apenas mais um projeto que não vai ser executado, vamos complementar algumas relações técnicas e em seguida vamos colocar novamente para votação”, explicou Barulho.  

Em 2ª Discussão e Votação foi aprovado o Projeto de Lei nº033/2022, de autoria do Poder Executivo Municipal, que altera o Anexo V da Lei Municipal nº 3.934, de 21 de novembro de 2011, com redação dada pela Lei Municipal nº 4.499, de 04 de dezembro de 2017, e dá outras providências. A referida lei versa sobre função gratificada dos servidores municipais.

Foi aprovado também o requerimento de pedido de afastamento da vereança para votação do Vereador Almir Olimpio Borini (UB) para tratar de interesses particulares por um período de 31 dias, a iniciar-se a partir do dia 13 de setembro de 2022. O suplente deve ser convocado para assumir uma cadeira no legislativo já na próxima sessão.

Fizeram uso da palavra os vereadores Paulo Kovalski (PSDB); Luiz Alberto Pasqualin (PSDB); Fernando Barulho (PSDB); Eliane Aparecida dos Santos (PSC); Gildo Masselai (PSDB); Almir Borini (UB); Miguel Von Guilsa (PSD) e Israel de Araújo (PSDB).

Piso salarial da enfermagem

A vereadora e enfermeira Eliane Aparecida dos Santos (PSC) trouxe a pauta a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, que decidiu através de uma liminar (provisória) suspender a lei que cria o piso salarial da enfermagem no País. Estiveram acompanhando a Sessão diversas enfermeiras do município.

“É uma luta de 30 anos e uma indignação de mais 2 milhões da classe de enfermagem. Hoje pode-se dizer que uns ganham o que realmente merecem, mas muitos ainda tem uma remuneração muito baixa, então esse piso viria para dar um pouco de qualidade de vida aos profissionais que tem muitas vezes dupla e tríplice jornada de trabalho, o que acarreta uma exaustão muito grande e até mesmo chegam a ter doenças que levam a se afastar do seu trabalho e muitas vezes não consegue nem retornar. Então essa lei foi aprovada pelo congresso e pelo presidente da república e um ministro de forma monocrática tira o nosso direito”, disse.  A vereadora foi aparteada por todos os vereadores que apoiaram a classe da enfermagem.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Confira as vagas de emprego da Agência do Trabalhador de União da Vitória

Vagas de emprego estão disponíveis na Agência do Trabalhador de União da Vitória nesta terça-feira, 27. Interessados em mais informações, podem procurar a agência com carteira de trabalho e número do Programa de Integração Social (PIS), das 8h às 14 horas. O atendimento aos trabalhadores, em relação a vagas e ao seguro desemprego, só serão […]

Eleitores não podem ser presos a partir de hoje

A partir desta terça-feira (27) e até 48 horas depois do primeiro turno de votação, no próximo domingo (2), nenhum eleitor poderá ser preso por qualquer autoridade, a não ser que seja pego em flagrante delito ou condenado por crime inafiançável. A outra exceção é se a pessoa impedir o salvo conduto (direito de transitar) de outro […]

Ministério da Saúde intensifica vacinação contra a poliomielite

O Ministério da Saúde promoveu neste sábado (24), em Brasília, vacinação contra a poliomielite e multivacinação, no Parque da Cidade. A atividade contou com a presença do ministro Marcelo Queiroga. Com menos da metade do público-alvo vacinado, o governo federal prorrogou a campanha de vacinação até 30 de setembro.  A estratégia tem como meta mobilizar […]