Primeiras doses exclusivas para adolescentes de 12 a 17 anos chegam ao Paraná » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Primeiras doses exclusivas para adolescentes de 12 a 17 anos chegam ao Paraná


25 de setembro de 2021

Foto Gilson Abreu/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu mais 229.320 vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech na noite desta sexta-feira (24). São 129.870 segundas doses (D2) e 99.450 primeiras doses (D1) para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiência permanente.

Os imunizantes fazem parte da 53ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde e desembarcaram no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, às 18h40 e 19h10. De lá, as vacinas foram encaminhadas para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) para conferência. A distribuição está marcada para este sábado.

As doses destinadas à D2 devem completar o esquema vacinal iniciado na 34ª remessa. Os imunizantes com a primeira dose desta pauta foram enviados para as Regionais de Saúde no início do mês de agosto. A nova orientação do Ministério da Saúde é que o intervalo de doses entre a D1 e D2 da Pfizer seja de 56 dias, ou oito semanas. Anteriormente, a recomendação indicava um prazo de cerca de três meses.

A 53ª pauta destinou ao Estado 284.570 vacinas contra a Covid-19. Além destas doses da Pfizer, a remessa inclui 55.250 vacinas da AstraZeneca para D2, que chegaram ao Paraná ainda pela manhã.

ADOLESCENTES – Este é o primeiro lote enviado pelo Ministério da Saúde com doses para imunização de menores de idade. A Pfizer é a única vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunização de adolescentes. No Paraná, a vacinação deste público já havia sido anunciada com a utilização do remanescente da reserva técnica enviada em todas as remessas para os municípios.

Neste momento, seriam vacinados adolescentes com comorbidades de 12 a 17 anos e jovens de 17 anos, sem condições pré-existentes, considerando que as doses disponíveis nos municípios só atenderiam este público.

Após a decisão de seguir com a vacinação de adolescentes, mesmo sem comorbidades, o Ministério da Saúde voltou a incluir a vacinação deste público de forma indistinta no Plano Nacional de Imunizações (PNI) e garantiu que até dezembro todos os adolescentes devem ter recebido pelo menos a primeira dose do imunizante da farmacêutica norte-americana.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Sessão da Câmara de Vereadores de UVA recebe voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer

A sessão da câmara de vereadores de União da Vitória desta segunda-feira, 25, foi marcada pela presença das voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer em virtude do Outubro Rosa. Conforme resolução MD nº 3/21, foi concedido o afastamento por 30 dias do Vereador Ednilson de Godoy e o Vereador Clodoaldo Cleverson Goetz (PV), […]

União da Vitória divulga Vacinômetro

Os dados do vacinômetro de União da Vitória foram atualizados nesta segunda-feira, 25, e a porcentagem final de vacinados sofreu alteração para adicionar as informações referentes a população de adolescentes de 12 a 17 anos que foi incluída no calendário da campanha da vacinação da Covid-19. Conforme mostram os dados retirados do Conect SUS, União […]

Com plataforma digital, programa Inglês Paraná facilita aprendizado do idioma na rede estadual

Com o objetivo de estimular e facilitar o aprendizado do inglês para os alunos da rede estadual paranaense, o Governo do Estado lançou nesta terça-feira (26) o Programa Inglês Paraná. Coordenada pela Secretaria de Educação e do Esporte (Seed), a iniciativa disponibiliza uma plataforma de ensino online que se soma às aulas de inglês da […]