Rádio Colmeia

Programa de Calcário beneficia produtores rurais de Bituruna

dezembro 23
14:03 2014
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mais de 600 produtores rurais de Bituruna foram beneficiados neste ano, pelo Programa do Calcário, desenvolvido pela Prefeitura de Bituruna, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

 

Como funciona o Programa do Calcário?

 

O Programa do Calcário foi desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, pelo atual secretário Mário Vilmar Zampierom, e do ex-prefeito Rodrigo Rossoni, que visaram o crescimento e fortalecimento das cadeias produtivas da agricultura e da pecuária leiteira do município. A intenção do programa é garantir o acesso ao calcário principalmente para os pequenos agricultores, que obtém menores condições financeiras.

O calcário é à base de todas as culturas em produção intensiva, principalmente as que usam tecnologia de produção média e alta, nesse caso o programa pretende ser a base dos demais programas e atividades desenvolvidas na agropecuária biturunense, seja para o cultivo de milho, feijão, pastagem para bovinocultura de leite, e demais atividades afins.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Exemplo:

 

Um produtor da Comunidade do Saltinho paga R$ 46,00 reais a tonelada na mina de calcário em Campo Largo, a prefeitura através do programa subsidia o frete até a propriedade do produtor, sendo que cada produtor tem direito a 11 toneladas, mediante da apresentação de análise de solo.

Para melhor exemplificar, se o produtor comprasse as mesmas 11 toneladas no comércio local pagaria R$125,00 a tonelada, mais o frete de entrega da cidade até a propriedade, pelo programa o agricultor paga R$506,00 pelas 11 toneladas de calcário calcítico posto na propriedade. O produtor economiza R$869,00 adquirindo o calcário pelo programa, mais o frete da cidade até a propriedade que custa uma média de R$150,00 por viajem.

O programa já movimentou mais de 5500 toneladas de calcário no seu primeiro ano de existência, o que representou uma economia para os agricultores de mais de R$450.000,00 essa economia é superior ao valor pago pelo caminhão, já pagando o investimento feito para aquisição do caminhão.

Através do subsidio do calcário os pequenos produtores estão conseguindo corrigir os seus terrenos com calcário de qualidade, e com certeza já a realidade de mudança no aumento da produção do município.

Além de beneficiar os agricultores com o programa do calcário, a carreta também fez transporte de areia para a construção das casas do bairro São João e da Vila Mariana, assim como mais de 130 casas construídas no interior do município para pequenos agricultores familiares, em parceria com o sindicato dos trabalhadores e com o Emater.

Futuramente outros produtos poderão ser transportados pela carreta, como insumos agrícolas e principalmente produtos produzidos pelos agricultores biturunenses.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Share

Sobre o Autor

marciel

marciel

Marciel Borges é jornalista graduado pelo Centro Universitário de União da Vitória (Uniuv), onde atualmente faz pós-graduação em MBA Gestão de Produção Criativa em Comunicação. Marciel atuou em emissoras de rádio Comunitária da região e na área da internet, onde pode adquirir conhecimento. No ano de 2012, realizou o seu trabalho de conclusão de Curso (TCC) contanto a História da Rádio Colmeia, sendo convidado para fazer parte do jornalismo digital da emissora.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há nenhum comentário no momento, você quer adicionar um?

Escrever comentário

Escrever comentário

Calendário

julho 2020
DSTQQSS
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Últimos Cometários

Compreende-se a dificuldade, mas deve-se ter planos para situações futuras semelhantes. Após uma semana sem...

O mesmo aconteceu comigo, em pleno dia de semana as 14h, quando eu voltava da...

Parabéns prefeito! Medidas acertadas, vamos salvar vidas....

Colméia no Facebook