Quase um terço da área do território nacional apresenta boa ou muito boa potencialidade ao desenvolvimento agrícola, segundo pesquisa » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Quase um terço da área do território nacional apresenta boa ou muito boa potencialidade ao desenvolvimento agrícola, segundo pesquisa


12 de dezembro de 2022

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Um estudo inédito publicado pelo IBGE aponta que quase um terço (32%) da área do território nacional apresenta boa (30%) ou muito boa (2%) potencialidade ao desenvolvimento agrícola. Outros 33% da área territorial apresentam potencialidade moderada à extensão da agricultura. Os dados fazem parte do Mapa de Potencialidade Agrícola Natural das Terras do Brasil, estudo que busca classificar, interpretar e visualizar o potencial natural dos solos para a agricultura.

Segundo o IBGE, o objetivo da pesquisa é contribuir para o melhor entendimento dos solos do Brasil por meio de classificação interpretativa, com foco nos potenciais e limitações. O levantamento foi elaborado com base nos recursos naturais, sobretudo solo e relevo, e como eles podem favorecer o setor agrícola brasileiro. 

“Os critérios que a gente utilizou foram selecionados a partir das informações do relevo e solo presentes no mapeamento, as informações que poderiam limitar ou favorecer o uso agrícola. Foram utilizadas basicamente informações de topografia e as características de solo, como profundidade, fertilidade natural, tipo das argilas, oscilação de água em profundidade”, explica o analista da pesquisa, Daniel Pontoni.

A pesquisa do IBGE apontou ainda as áreas com restrições ao desenvolvimento da agricultura, o que representa 21% do território. Segundo o instituto, são locais com relevos acidentados, com problemas de fertilidade e mecanização. O último dado do levantamento revela que os locais com restrições muito fortes ao uso agrícola somam 11% do país.

Potencial econômico

Na avaliação do economista César Bergo, o grande potencial produtivo agrícola do Brasil, como demonstrado pelo estudo do IBGE, abre oportunidade para formalizar uma estratégia nacional econômica e social. Para Bergo, o crescimento da produção agrícola depende de ações da sociedade, seja diretamente pelos produtores e trabalhadores, seja por serviços técnicos e disponibilidade de insumos. 

“A cadeia de produção e abastecimento para uma alimentação não só local, mas mundial, sem dúvida é o principal desafio para o mundo neste século, e o Brasil é um dos grandes players do planeta nessa área. A agropecuária brasileira já é um dos pilares da segurança alimentar no mundo inteiro, e vai continuar nas próximas décadas sustentada, inclusive, por essas informações importantes relacionadas a essas áreas de plantio”, comenta o economista.

Um dos principais segmentos da economia brasileira, o agronegócio tem previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de até 2,5% para o ano que vem, segundo estimativa divulgada em dezembro (08) pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA). Para este ano, o setor terá queda de 4,1%. 

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Vacas invadem casa de fazendeiro e descansam em sofá; veja vídeo

Os animais conseguiram entrar na casa, fechar a porta e até mesmo acender a luz da sala, segundo o fazendeiro publicou nas redes sociais. Confira o registro Michael Andrew foi surpreendido ao chegar em sua residência, em Redruth, na Inglaterra, durante a semana passada. Ao abrir a porta, o jovem de 19 anos reparou que […]

União da Vitória recebe The Big Circus um dos maiores circos do Brasil em Março

Globo da morte e o Mundo dos Dinossauros prometem encantar o público de União da Vitória e Porto União Em Março, dia 01, às 20h30, o The Big Circus estreia pela primeira vez em União da Vitória, no campo do São Bernardo Futebol Clube (Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto) com uma atração especial: o […]

Cientistas criam “arroz de carne” para combater fome e desnutrição

A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com células de boi em laboratório Cientistas da Coreia do Sul desenvolveram um novo tipo de alimento que pode ser uma solução para a fome e a desnutrição no mundo: o “arroz de carne”. A invenção consiste em grãos de arroz que foram implantados com […]