SC tem aulas suspensas, vias bloqueadas e mais de 2,3 mil pessoas afetadas pelas chuvas » Rádio Colmeia

Escute a rádio

SC tem aulas suspensas, vias bloqueadas e mais de 2,3 mil pessoas afetadas pelas chuvas


12 de outubro de 2022

grande volume de chuva que cai em Santa Catarina causou transtornos e afetou ao menos 2,3 mil pessoas. As regiões do Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul de Santa Catarina e Vale do Itajaí foram as mais atingidas pelo mau tempo.

O volume de chuva obrigou a interdição de quatro pontes e a suspensão de aulas no município de São Domingos, avisou a prefeitura no início da noite de segunda-feira (10). Coronel Martins, Passos Maia e Ouro Verde também cancelaram as aulas. Na região chove desde domingo (9) à noite.

As quatro pontes no perímetro urbano de São Domingos foram interditadas às 18h20 com monitoramento para a liberação pela manhã de terça-feira, se as condições permitirem. O transporte de alunos para a universidade na noite desta segunda-feira foi cancelado e as aulas de terça na rede municipal de ensino, foram suspensas.

A rede estadual de ensino também foi afetada, principalmente, em escolas no Meio-Oeste. A principal dificuldade, segundo a Secretaria de Estado da Educação é o transporte escolar, que não consegue chegar até algumas comunidades mais afastadas.

A estrada de acesso ao Maratá também está com trânsito interrompido para veículos pequenos. Para veículos grandes, trânsito segue com monitoramento.

Na BR-282, em Xaxim, houve um deslizamento de terra na rodovia. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que o fato aconteceu no km 523. O local conta com faixa adicional (3 faixa) e as pedras estão localizadas sobre a faixa adicional. O trecho está sinalizado com cones e o fluxo de veículo segue pela faixa principal.

O trânsito também precisou ser completamente interditado no km 60 da SC-453, entre Luzerna e Ibicaré, no Meio-Oeste Catarinense. Houve transbordamento do Rio do Peixe no trecho e a água invadiu a pista. Como rota alternativa, os motoristas devem usar o trecho Luzerna – Água Doce – Treze Tílias.

Conforme a PMRv (Polícia Militar Rodoviária), nas regiões dos municípios de Iporã do Oeste, São Lourenço do Oeste, Chapecó e Concórdia, foram registrados apenas bloqueios parciais das rodovias. Nos casos, houve retirada de galhos e pequenas aberturas de valas laterais para escoamento de pontos alagados.

Veja a situação das rodovias estaduais:

SC 480, km 84 – Município de Ipuaçu, pista parcialmente interditada, água e lama sobre a pista, iniciando os trabalhos de retirada e remoção do material.
SC 480, km 64.500 – Município de Ipuaçu, pista parcialmente interditada, água sobre a pista.
SC-453, km 59,900 – Município de Ibicaré, trecho completamente interditado (entrada para pedreira triângulo) por água na pista.
SC-453, Km 56,100 – Município de Ibicaré, trecho parcialmente interditado, por água na pista.
SC-135, km 136 – Município de Pinheiro Preto, pista totalmente interditada, trânsito desviando por dentro do município.
SC 135, km 137,400 – Município de Pinheiro Preto, trânsito em meia pista, árvore sobre a pista, iniciado o trabalho de remoção do material.
SC-135 Km 138,750 – Município de Pinheiro Preto/SC, deslizamento de terra, trânsito em meia pista, Pereira do município e SIE se preparando para iniciar trabalhos de retirada.
SC- 135 Km 72,500 -Município de Caçador/SC, deslizamento de Terra, trânsito em meia pista.
SC 150 km 109,150 – Município de Ouro/SC, alagamento, totalmente interditada.
SC 464 Km 35,800 – Município de Salto Veloso/SC, deslizamento de terra com árvores caída na pista, trânsito em meia pista.
SC 350 Km 155,500 – Município de Caçador/SC, pista parcialmente liberada.
SC 155 Km 80,600 – Município de Xavantina/SC, trânsito desviado pelo acostamento, risco elevado de deslizamento da pista.
SC 120 Km 236 – Município de Curitibanos/SC, queda de barreira, trânsito em meia pista.
SC 120 Km 237 – Município de Curitibanos/SC, queda de barreira, trânsito em meia pista.

Famílias afetadas

A Defesa Civil de SC informou que está monitorando os municípios e auxiliando as famílias afetadas. Até no início da noite de segunda, 88 pessoas precisaram ser retiradas de suas casas devido aos alagamentos, 70 pessoas estão desalojadas em quatro municípios e 18 desabrigadas somente em Abelardo Luz. Cerca de 2.390 pessoas afetadas diretamente em 14 municípios.

Segundo o coordenador Regional da Defesa Civil Estadual em Xanxerê, Luciano Peri, o município de Coronel Martins decretou situação de emergência e outras quatro cidades avaliam a possibilidade de também decretar. São elas: Bom Jesus, Ipuaçu, São Domingos e São Lourenço do Oeste.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que a situação é normal nos hospitais e serviços de saúde do Estado.

Vale do Itajaí

grande volume de chuva que cai em todo o Estado já começa a causar problemas em alguns municípios do Alto Vale do Itajaí. Um deles, interditou o acesso entre os municípios de Pouso Redondo e Rio do Oeste.

Um vídeo feito por um motorista mostra o trecho da estrada geral da Barra do Aterrado, em Pouso Redondo, com um grande volume de água sobre a via, impossibilitando o tráfego de veículos. Com isso, a estrada que liga os municípios está interditada.

A Defesa Civil de Rio do Sul informou que nesta segunda, todas as comportas das barragens de Taió e Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, foram fechadas em virtude dos alertas de chuva para os próximos dias e volume de chuva intenso nas últimas horas, que causou a elevação do nível do rio em algumas cidades da região.

A Defesa Civil do Estado emitiu novo alerta de volume de chuva persistente para as próximas horas. Segundo o alerta, pelo menos 28 cidades do Vale do Itajaí devem registrar chuva com intensidade moderada a forte, acompanhada de raios e rajadas de vento.

Cidades em alerta

Conforme a Defesa Civil de SC, seis municípios do Estado estão em alerta e um em alerta máximo para deslizamentos. Entre os municípios em alerta estão Novo HorizonteGalvãoSão DomingosPassos MaiaÁgua Doce e Ponte Alta. Já em alerta máximo, o município de São José do Cerrito se destaca no mapa.

No decorrer desta terça, a chuva persiste em todas as regiões de SC, ainda associada ao fluxo de calor e umidade vindo da região amazônica. Nas últimas 48h os acumulados médios somaram entre 130 a 251 mm. A cidade de Novo Horizonte registrou o maior acumulado de chuva até a última atualização: 251.8 milímetros. Em seguida aparece municípios de Tangará, que registrou 182.6 mm, Frei Rogério, com 172 mm e Monte Carlo, com 168.8 mm. Outras cidades também registraram altos acumulados. Veja os dados abaixo.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


STF aprova a “revisão da vida toda” pelo INSS

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou na tarde desta quinta-feira (1º) a análise da “revisão da vida toda” do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Onze ministros apresentaram seus votos, com placar de 6 a favor e 5 contra. Votaram a favor os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber e Marco […]

“Canoinhas não é terra de ladrão”, diz Juliana Maciel ao tomar posse como 1ª prefeita

Pela primeira vez na história, Canoinhas será comandada por uma mulher. Juliana Maciel Hoppe (PSDB) tomou posse na manhã desta quinta-feira, dia 1º, em sessão solene realizada na Câmara de Vereadores. “A minha postura enquanto política sempre foi de levar ao povo o melhor que tem dentro de mim, guiada sempre pelos passos de Deus, […]

Confira as vagas de emprego da Agência do Trabalhador de União da Vitória

Vagas de emprego estão disponíveis na Agência do Trabalhador de União da Vitória nesta sexta-feira, 02. Interessados em mais informações, podem procurar a agência com carteira de trabalho e número do Programa de Integração Social (PIS), das 8h às 14 horas. O atendimento aos trabalhadores, em relação a vagas e ao seguro desemprego, só serão […]