Ucrânia: dezenas de milhares foram mortos em Mariupol em ataque russo » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Ucrânia: dezenas de milhares foram mortos em Mariupol em ataque russo


12 de abril de 2022

A Ucrânia disse nesta segunda-feira (11) que dezenas de milhares de pessoas provavelmente foram mortas no ataque da Rússia à cidade de Mariupol, no sudeste do país, enquanto a ombudswoman de direitos do país acusou as forças russas na região de tortura e execuções.

A Reuters confirmou a destruição generalizada em Mariupol, mas não pôde verificar os supostos crimes ou a estimativa de mortos na cidade estratégica, que fica entre a Crimeia, anexada à Rússia, e as áreas do leste da Ucrânia mantidas por separatistas apoiados pela Rússia.

“Mariupol foi destruída, há dezenas de milhares de mortos, mas mesmo assim, os russos não estão parando sua ofensiva”, disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, em um discurso em vídeo a parlamentares sul-coreanos, sem fornecer mais detalhes.

Se confirmado, seria de longe o maior número de mortos até agora relatado em um lugar na Ucrânia, onde cidades e vilarejos sofreram bombardeios implacáveis ​​e corpos, incluindo de civis, foram vistos nas ruas.

O chefe da autoproclamada República Popular de Donetsk, apoiada pela Rússia, Denis Pushilin, disse à agência de notícias russa RIA nesta segunda-feira que mais de 5 mil pessoas podem ter sido mortas em Mariupol. Segundo ele, as forças ucranianas são responsáveis.

O número de pessoas que deixaram a cidade caiu porque as forças russas retardaram as verificações antes da partida, disse Petro Andryushchenko, assessor do prefeito de Mariupol, nesta segunda-feira no serviço de mensagens Telegram.

Cerca de 10 mil pessoas aguardavam a triagem pelas forças russas, afirmou ele.

Citando dados do governo municipal de Mariupol, a ombudswoman de direitos humanos da Ucrânia, Lyudmyla Denisova, disse que 33.000 moradores de Mariupol foram deportados para a Rússia ou territórios mantidos por separatistas apoiados pela Rússia no leste da Ucrânia. A Rússia afirmou no domingo que retirou 723.000 pessoas da Ucrânia desde o início do que chamou de “operação especial”. Moscou nega ataques a civis.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


IMA e IBAMA definem critérios de licenciamento na região de Canoinhas

O gerente regional do Instituto do Meio Ambiente (IMA) regional do Planalto Norte, Christian Martins, visitou nesta manhã de sexta-feira, 20, o superintendente do IBAMA de Santa Catarina Glauco Corte Filho. A reunião teve por finalidade alinhar procedimentos administrativos e os ritos de licenciamento ambiental na região de Canoinhas de competências mútuas entre o IBAMA […]

No Dia Mundial das Abelhas, Paraná destaca importância da preservação das espécies nativas

Em alusão ao Dia Mundial das Abelhas, comemorado nesta sexta-feira (20), o Governo do Paraná celebra a adesão de mais de 25 municípios ao Poliniza Paraná desde o início deste ano. O projeto foi expandido para o Estado pela Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) dentro dos Parques Urbanos, espaços viabilizados pela pasta, por meio […]

Bolsa Estudante: auxílio começa a ser pago aos estudantes de SC contemplados nesta sexta-feira, 20

O Governo de Santa Catarina iniciou nesta sexta-feira, 20, o pagamento das primeiras parcelas do Bolsa Estudante aos alunos contemplados pelo programa que informaram os dados bancários da conta para depósito até o último dia 13 de maio. Neste primeiro pagamento, estão sendo depositadas duas parcelas de R$ 568,18, referentes aos meses de fevereiro e […]