Rádio Colmeia Novo secretário de Saúde de UVA, Fernando Ferencz, fala sobre primeiras ações frente a secretaria » Rádio Colmeia

Escute a rádio

Novo secretário de Saúde de UVA, Fernando Ferencz, fala sobre primeiras ações frente a secretaria


11 de janeiro de 2021

O Jornal Colmeia dessa segunda-feira, 11, recebeu em seus estúdios o secretário de Saúde de União da Vitória, Fernando Ferencz, que falou pela primeira vez com um veículo de comunicação dando exclusividade a Rádio Colmeia. Entre os assuntos abordados estavam os desafios e ações para 2021 frente a secretaria, situação da pandemia no município e a questão da vacinação.

Natural de União da Vitória, Ferencz esteve à frente da Clínica HJ pelo período de 23 anos. Segunda semana a frente da secretaria junto da diretora geral Andreia Senhecal Duarte. Se inteirando da secretaria, Ferencz disse que a situação de imediato que precisava ser resolvida era referente a instalação do SAMU em União da Vitória, pois esta depende de várias situações e condições que são contrapartidas do município.

Imagem: Rádio Colmeia

Com duas ambulâncias e equipe completa o município já está com o SAMU em funcionamento mas em fase de adaptação. “Por enquanto está funcionando dentro da UPA”, disse. A base será provisoriamente instalada em uma casa na Rua Paraná que está sendo preparada. Alguns atendimentos já foram realizados, inclusive a remoção de um paciente de União da Vitória a Ponta Grossa. “Eu parabenizo as equipes”, disse.

Outra situação é a pandemia de Covid-19. Para Ferencz os números em relação a outras regiões são bons, mas o secretário pede a população que continue usando efetivamente as medidas de prevenção como o uso de máscaras, higiene correta das mãos, uso do álcool em gel a 70%, distanciamento físico e evitar aglomerações.

“A tendência dessa pandemia é piorar cada vez mais de acordo com os momentos que a gente passou, de férias, de final de ano, pessoas viajando para as praias e voltando para cá após se aglomerarem, após estarem em situações e locais que eram propícios para infecção desse vírus”, afirmou o secretário.

Ele sua equipe já estão se inteirando de todos os contratos, analisando junto a cada órgão a necessidade de mais profissionais e equipamentos. “Vai algum tempo ainda para estabilizar e ter uma noção do que que a gente necessita verdadeiramente ou não”, esclareceu. Ainda há uma fase de estudos dentro da situação da secretaria, para então realizar uma projeção, que será referente aos quatro anos desse mandato, visando oferecer um bom serviço à população.

De acordo com Ferencz, com a pandemia o número de profissionais e equipamentos acaba sendo alterado. Assim ele realizou uma solicitação ao 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado para mais equipamentos e liberação de pessoal do Batalhão no auxílio das equipes de frente da saúde em combate ao Coronavírus. “Essa semana eles já vão solucionar os nossos problemas com essa ajuda”, colocou.

Na prática a ajuda do 5º BEC está sendo com a liberação de mais uma barraca e cones de direcionamento no estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Na questão de pessoal a proposta ainda está sendo analisada com um estudo por parte do Batalhão.

Imagem: Rádio Colmeia

Em relação a vacina, Ferencz disse que todo o protocolo estipulado para a liberação e início da vacinação ainda não foi divulgado pelo Governo, mas a estrutura do município já está sendo assistida. Na semana passada o secretário visitou as Unidades de Saúde Básica (UBS) de toda União da Vitória. Segundo ele, todas as câmaras frias de armazenamento das vacinas das UBS’s foram verificadas. Também foi conversado com os vacinadores e agentes de saúde.

Ideias e sugestões vindas dos profissionais que atuam na linha de frente foram ouvidas e estão sendo analisadas. “A estrutura está muito boa, funcionando e vai poder atender a população”, completou. As vacinas chegarão de acordo com a disponibilidade do mercado, “mas ao mesmo tempo, para dividir elas entre os estados e municípios, elas virão muito fragmentadas” levando um tempo para atingir toda população. As seringas e agulhas serão disponibilizadas pelo Estado do Paraná.

Ferencz solicitou que cada munícipe procure a UBS de seu bairro e faça ou atualizem o cadastro para atingir o máximo de moradores na hora da vacinação. Também há um percentual a ser atingido em relação a febre amarela, “seria importantíssimo também que buscassem os postos para fazer essa vacinação”, completou. Segundo o secretário, foram encontrados macacos mortos no interior de União da Vitória.  

Ainda foi colocado que as vacinas são sempre seguras. Na questão da Covid-19, as vacinas que serão aplicadas tem o certificado da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Não tem nenhuma contraindicação, podem tomar, ficar tranquilos, isso não altera o DNA das pessoas, a gente tem que tirar todas essas ideias que o pessoal vai coletando na internet porque tem muita coisa vaga, errada, que acaba atrapalhando a situação da vacinação”, finalizou.

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia outras matérias relacionadas:


Covid-19: 16 novos casos e 15 recuperados em União da Vitória

União da Vitória obteve 16 novos casos positivos de Covid-19 neste sábado, 16. Também foram registrados mais 15 pacientes recuperados que receberam alta e podem voltar ao convívio social seguro. O boletim epidemiológico sofreu algumas alterações e agora recebe os números de coletas e resultados realizados por laboratórios particulares. O município tem 81 casos ativos […]

Três pessoas ficam feridas em acidente no viaduto de acesso a General Carneiro

Na madrugada desse sábado, 16, por volta das 05h10, um acidente foi registrado na BR 153, no viaduto de acesso a General Carneiro, deixando pelo menos três feridos de acordo com informações. O acidente envolveu um Fiat Linea Essence branco e um I Peugeot 206 Soleil preto, ambos com placas de General Carneiro. As vítimas […]

Meta do Paraná é vacinar 4 milhões de pessoas do grupo de risco até maio

O planejamento do Governo do Estado aponta para a vacinação contra a Covid-19 de aproximadamente 4 milhões de pessoas no Paraná até o fim de maio. Como o processo estadual vai seguir o Plano Nacional de Imunização (PNI) elaborado pelo Governo Federal, a tendência é de que a aplicação das doses comece já na próxima […]